Hesperian Health Guides

Planeamento familiar

WikiSaúde > Novo Onde Não Há Médico > Planeamento familiar

Neste capítulo discutem-se as formas de prevenir a gravidez ou planear o intervalo entre os filhos que se quer ter. Todos os métodos descritos neste capítulo são usados com segurança por muitas pessoas em todo mundo.

Porquê fazer planeamento familiar?
NWTND FP Page 1-1.png

Existem muitas formas eficazes de prevenir a gravidez ou ajuda-la a escolher quando ter um bebé e quantos filhos ter. Em geral você pode fazer planeamento familiar de forma gratuita ou barata através dos profissionais de saúde ou nas unidades sanitárias.

O planeamento familiar é também chamado de controlo de natalidade, ou contracepção. Não importa como se chama, ele tem vários benefícios:

  • Ter poucos filhos é mais saudável para o corpo da mulher do que ter muitos filhos. Usando o planeamento familiar, você pode decidir quando o seu corpo está bem para engravidar.
  • Esperar para ter filhos e ter um espaço de tempo entre o nascimento das crianças pode tornar a vida deles mais segura, e da-lhe mais tempo, energia e dinheiro para cuidar das crianças que já tem.
  • Decidir quando e se quer ter filhos, sem que os outros lhe digam que deve ter ou não da-lhe mais controlo sobre a sua vida.
  • Gozar das relações sexuais sem estar preocupada em ficar grávida se você ou seu parceiro não querem ter ou não estão preparados para ter um filho.
  • O planeamento familiar ajuda as mulheres a evitar abortos não seguros que mata milhares de mulheres todos os anos.


Planeamento familiar, sexo, gravidez – as vezes é difícil falar sobre estas coisas. O livro da Hesperian “Health Actions for Women” sugere formas para fazer com que os homens e mulheres falem sobre o planeamento familiar e outros problemas de saúde das mulheres.

Algumas pessoas querem muitos filhos — especialmente nos locais onde é comum as crianças morrerem quando são pequenas e são negadas as pessoas a partilha justa dos recursos, porque elas ajudam no trabalho e cuidam dos pais na velhice.

família com 8 filhos vestindo roupas esfarrapadas.
família bem vestida com 2 filhos.

A situação é diferente nos países onde os recursos e benefícios são distribuídos de forma mais justa. Onde o emprego, habitação e cuidados de saúde são mais disponíveis, e onde as mulheres têm igualdade de oportunidades para educação, emprego e controlo sobre as suas vidas, as pessoas costumam optar por ter famílias menores. Isto é em parte porque não precisam de depender de seus filhos para a segurança econômica, e estão mais confiantes que os filhos que têm vão ser saudáveis e sobreviver.

As pessoas usam o planeamento familiar quando:

  • é acessível ou gratuito.
  • quando estão disponíveis vários métodos diferentes, e as pessoas podem escolher o que é melhor para elas.
  • ninguém é pressionado ou aliciado para usar o planeamento familiar.
  • os homens entendem e acreditam nos benefícios do planeamento familiar, e ouvem o que as mulheres querem.
  • qualquer pessoa que queira fazer planeamento familiar pode obtê-lo facilmente, incluindo as pessoas jovens e mais velhas, casadas e solteiras, e pessoas com deficiência.

Para quem é o planeamento familiar?

um homem e uma mulher se abraçando em cadeiras de rodas.
O planeamento familiar é para quem pretende engravidar - mas não o quer no momento.

Algumas pessoas pensam que o planeamento familiar é apenas para mulheres casadas. Mas tanto as pessoas casadas como as solteiras têm relações sexuais, e muitas mulheres querem ser capazes de desfrutar do sexo sem se preocuparem com a gravidez. Além disso, as mulheres nem sempre têm escolha sobre ter sexo. Algumas são pressionadas e outras são forçadas Sem planeamento familiar, qualquer mulher, casada ou solteira, jovem ou mais velha, pode engravidar. Como profissional de saúde, é importante que compartilhe o que sabe sobre o planeamento familiar com todas as mulheres.

um homem segurando um preservativo do pacote enquanto conversa com 3 homens.

Você também deve encontrar formas de compartilhar o que sabe sobre o planeamento familiar com os homens. Alguns métodos, como os preservativos, requerem um compromisso do homem. E muitas vezes o homem quer ter uma opinião sobre o método que a parceira usa. Ajudar os homens a compreender os benefícios do planeamento familiar pode ajudá-los a superar os seus medos sobre o assunto e compreender que o planeamento familiar também os ajuda.

Educar os homens sobre o planeamento familiar também torna mais fácil para a mulher falar com o marido ou parceiro sobre planeamento familiar, e para eles decidirem juntos que método usar. Se um homem ainda não quer usar o planeamento familiar, mesmo depois de aprender sobre os seus benefícios, a mulher terá de decidir se ela quer usá-lo. Existem métodos que elas podem usar sem o homem saber.

Ensinar como funciona o planeamento familiar e o que esperar

Explicar como usar correctamente os diferentes métodos de planeamento familiar e ser honesto sobre os efeitos secundários. O principal motivo que faz uma mulher parar de usar um método de planeamento familiar são os efeitos secundários desagradáveis. Mas se ela sabe o que esperar, pode estar disposta a ficar com o método até que os efeitos secundários diminuam.

Ajudar os jovens

Os jovens podem começar relacionamentos românticos ou sexuais antes de aprenderam sobre a prevenção da gravidez. As comunidades podem ajudar os jovens a obter as informações que precisam para tomar boas decisões. As escolas podem dar aos jovens educação em saúde que inclua assuntos relacionados com a gravidez; os jovens adultos podem ser treinados para serem educadores de saúde, e deve ser alocado tempo nas unidades sanitárias ou outros locais para dar aos jovens conselhos e métodos para prevenir a gravidez.