Hesperian Health Guides

Hesperian Health Guides

A saúde das crianças

WikiSaúde > Novo Onde Não Há Médico > A saúde das crianças

Os alimentos Nutritivos, as condições de higiene e limpeza e as vacinas contra as doenças comuns da infância, são como “guarda-costas” que protegem as crianças das infecções e as mantêm saudáveis.

Os pais e os profissionais de saúde podem aprender mais sobre nutrição em Alimentar-se bem para a boa saúde, higiene e limpeza em Água e saneamento: Chave para se manter saudável (em desenvolvimento) e a prevenção da maioria das doenças em crianças em Vacinas (em desenvolvimento).

Especialmente em crianças, mais vale prevenir que curar.

Alimentos nutritivos

O consumo de alimentos nutritivos em quantidade suficiente é a chave para a saúde e o crescimento de uma criança. O capítulo Alimentar-se bem para a boa saúde tem informação sobre como você e os seus filhos podem alimentar-se bem, mesmo quando têm pouco dinheiro. Também explica como tratar a malnutrição em crianças e adultos. Seguindo estes conselhos, você pode dar os melhores alimentos aos bebés e crianças pequenas.

Nos primeiros 6 meses

O leite do peito tem tudo o que o bebé necessita e deve mamar tantas vezes quantas ele quiser: a cada 3 ou 4 horas durante o dia, um pouco menos frequente a noite. Não dê água, sumos, ou papas até que o primeiro dente saia, aos cerca dos 6 meses. Estes alimentos podem provocar diarreia em bebés pequenos.

Clique aqui para mais informação sobre aleitamento materno.

A partir dos 6 meses até aos 12 meses (1 ano)

Esta é a idade em que muitas crianças começam a sofrer de malnutrição. Para manter a criança saudável, continue a dar leite do peito e comece a dar-lhe outros alimentos várias vezes por dia. Comece com um ou dois alimentos, como uma papa simples ou a sua comida normal mas acrescente um pouco de óleo ou gordura.

Depois, dê outros alimentos saudáveis como:

  • Alimentos que contém proteína uma ou mais vezes ao dia: feijões cozidos moídos, ovos, produtos lácteos, ou peixe cozido esmagado.
  • Vegetais: abóbora bem cozida, ervilhas, cenoura, folhas de plantas verdes, tomate, ou qualquer alimento alaranjado ou verde do local onde você vive.
  • Frutas: pequenos pedaços de fruta tais como manga, papaia, morangos ou banana.

Criança pequena comendo na tijela com uma colher

Continue a dar leite do peito até aos 2 anos ou mais.

Dê-lhe também a mesma variedade de alimentos saudáveis que um adulto deve comer: farináceos, proteínas, vegetais e frutas. As crianças devem comer 4 ou mais vezes por dia. Elas precisam de comer mais vezes quando já não estão a mamar.

As meninas necessitam exactamente a mesma quantidade de alimentos que os rapazes. As meninas e rapazes que comem a quantidade suficiente de alimentos nutritivos crescem fortes e saudáveis. Os alimentos ajudam também a mente a desenvolver-se – assim, a criança pode pensar, aprender e brincar.

Crianças devem ser como as galinhas: sempre petiscando

Biberões (mamadeira)

Os biberões e as chuchas (tetinas) de borracha são perigosos porque é muito difícil mantê-los limpos. Muitas vezes transportam germes que causam diarreia. Se precisa alimentar o bebé, quando a mãe está longe, por exemplo, trabalhando, dê-lhe leite do peito com um copo e uma colher limpos. Os bebés mais velhos e as crianças pequenas nunca devem usar biberões. Quando se dá sumos, papas ou leite a crianças grandes com biberão o açúcar destes alimentos fica nos dentes por muito tempo e é a causa mais comum de caries dentárias. As crianças aprendem facilmente a beber líquidos com um copo.

Alimentos não saudáveis (Junk food)

Bolos, doces, batata frita, refrescos, e alimentos processados são chamados alimentosnão saudáveis “junk foods”. Eles contêm químicos, açúcar, sal e gordura em excesso e não contêm nutrientes em quantidade suficiente. Comer alimentos não saudáveis “junk foods” provoca caries dentária, tensão alta, diabetes e outros problemas de saúde perigosos que farão mal, mais tarde na vida.

Se os alimentos não saudáveis “junk foods” estão facilmente disponíveis, as crianças provavelmente vão pedir porque estes têm um bom sabor. Como pais e profissionais de saúde, é nossa função proteger as crianças para não desenvolverem o hábito de comer estes alimentos. Quando uma criança pede comida, dê fruta fresca, amendoim, yogurte, papas ou outro alimento nutritivo sem adicionar açúcar. Ensine as crianças que os alimentos nutritivos também são saborosos. Hábitos de alimentação saudáveis ajudarão as crianças durante toda a sua vida.

Crinaças crescem fortes e saudáveis com alimentos nutritivos — não com alimentos não saudáveis “junk food”.

Limpeza e saneamento

Lave as mãos das crianças antes de comer e várias vezes ao longo do dia. A maioria das doenças como a diarreia, gripe, constipação e outras são passadas por germes que são transmitidos das mãos da criança para boca (as crianças têm sempre as mãos na boca!). Lavar as mãos evitará que os germes que inevitavelmente estão nas mãos da criança entrem na boca onde podem causar doenças. Lavar as mãos com frequência mantém as crianças saudáveis.

Dê banho as crianças todos os dias. Para não acumular sujidade por baixo das unhas, mantenha-as curtas. Lave a sua roupa e a roupa de cama com frequência.

Tanto as crianças como os adultos necessitam de um lugar seguro e limpo para defecar todos os dias. Caso contrário, as fezes e os germes que estas contém e que causam diarreia estarão em todos os lugares. Você poderá prevenir a diarreia construindo latrinas para a sua família, vizinhos e comunidade.

O capítulo Água e saneamento: Chave para se manter saudável (em desenvolvimento) contém informação detalhada para melhorar o saneamento e prevenir a diarreia em crianças.

As vacinas e os medicamentos

As vacinas protegem as crianças contra a maioria das doenças graves da infância, como o sarampo, o tétano, a polio e a tuberculose. É mais fácil, barato e eficaz dar uma vacina, do que tentar curar uma criança que está doente ou a morrer. Vacinar as crianças é uma das formas mais importantes para mantê-las saudáveis.

Veja Vacinas (em desenvolvimento) para ver a lista de vacinas recomendadas e a programação de quando devem ser administradas.

Assegure-se que as crianças recebam todas as vacinas que necessitam.

Um menino ajudando o irmão mais novo a escovar os dentes

  • Proteja os dentes das crianças escovando-os. Não dê as crianças doces, guloseimas ou bebidas açucaradas. Clique aqui para obter mais informação sobre alimentos não saudáveis "junk foods".
  • Amamente. Quando der outros alimentos e bebidas, utilize copo e colher limpos e não biberões (mamadeira) e chuchas (tetinas) de borracha que são difíceis de manter limpos.
  • Não deixe que as crianças doentes ou que têm feridas, sarna, piolhos ou tinha durmam na mesma cama com outras crianças ou usem as mesmas roupas ou toalhas. Trate rapidamente as crianças com estas infecções porque estas se transmitem rapidamente de uma criança para outra.
  • Use redes mosquiteiras para evitar a picada dos mosquitos. Elimine charcos ou água estagnada para evitar que os mosquitos se reproduzam. Tape as portas e janelas com redes.
  • Mantenha os porcos, cães e galinhas — e os germes que estes transportam—longe da casa.
Sim
Não
  • Se existem lombrigas, dê um desparasitante a cada 6 meses, depois do primeiro ano de vida.
  • Se existe ancilostomíase, as crianças devem calçar sandálias ou sapatos e não devem andar descalças.
  • Desparasite as crianças com mais de 1 ano a cada 3 a 6 meses com albendazol ou mebendazol.



pt.hesperian.org