Hesperian Health Guides

Antibióticos combatem a infecção

Os antibióticos são medicamentos que combatem a infecção por bactérias. Eles não são eficazes contra as infecções virais como a papeira, sarampo, gripe ou o resfriado comum. Nem todos os antibióticos são eficazes (combatem) contra todas as infecções por bactérias. Os antibióticos com composição similar são considerados da mesma família. É importante conhecer as famílias de antibióticos por duas razões:

  1. Os antibióticos da mesma família podem frequentemente tratar os mesmos problemas. Isso significa que você pode usar um medicamento diferente da mesma família.
  2. Se você é alérgico a um antibiótico de uma família, você pode também ser alérgico aos outros membros da mesma família. Isto significa que você terá que tomar um medicamento de outra família em seu lugar.

Os antibióticos devem ser administrados num curso completo. Parar de tomar o antibiótico antes de completar o tratamento, mesmo que se sinta melhor, pode fazer com que a infecção volte de forma mais grave, que é mais difícil de tratar.

Penicilinas

Os medicamentos da família da penicilina são dos antibióticos mais úteis. As penicilinas combatem muitas infecções.

A penicilina é medida em miligramas (mg) ou unidades internacionais (UI). No caso da penicilina G, 250 mg correspondem a 400,000 UI.

Na maioria das pessoas, a penicilina é um dos medicamentos mais seguros. Usar mais do que a dose recomendada, é um desperdício de dinheiro mas é pouco provável que provoque dano na pessoa.

A resistência à penicilina

Algumas infecções tornaram-se "resistentes" à penicilina. Isto significa que, no passado, a penicilina era capaz de curar alguém com essas infecções, mas agora a penicilina já não faz efeito. Se a infecção não responde à penicilina comum, tente outro antibiótico ou uma penicilina diferente. Por exemplo, a pneumonia é por vezes resistente à penicilina. Use amoxicilina.

ImportanteNBgrnimportant.png

Para todas penicilinas (incluindo ampicilina e amoxicilina)

Algumas pessoas são alérgicas à penicilina. As reacções alérgicas ligeiras causam erupção cutânea. Muitas vezes isso acontece horas ou dias depois de tomar penicilina e pode durar dias. Pare imediatamente de tomar penicilina. Os anti-histamínicos ajudam a acalmar a comichão. Dores de estômago e diarreia após tomar penicilina não são sinais de reacção alérgica e, apesar de desconfortável, não é um motivo para interromper o tratamento.

Raramente, a penicilina pode causar uma alergia grave chamada choque analfiláctico (choque alérgico). Poucos minutos ou horas depois de tomar penicilina, a pessoa fica avermelhada, com a garganta e os lábios inchados, tem dificuldade em respirar, sensação de desmaio, e entra em estado de choque. Isso é muito perigoso. A epinefrina (adrenalina) deve ser injectada de uma só vez. Tenha sempre adrenalina preparada quando administrar a penicilina injectável. Veja Primeiros socorros: Medicamentos (em desenvolvimento).

A alguém que já teve uma reacção alérgica à penicilina nunca mais se deve administrar este medicamento, qualquer que seja o tipo - ampicilina, amoxicilina, ou outras, quer por via oral ou por injeção. Isso porque na próxima vez que se administrar penicilina a reacção pode ser mais grave e leva-la a morte. As pessoas alérgicas a penicilina podem usar eritromicina ou outro antibiótico em seu lugar.

Injecções

A penicilina é geralmente eficaz quando administrada por via oral. As formas injectáveis de penicilina podem ser perigosas. Elas são mais propensas a causar reacções alérgicas graves e outros problemas, e devem ser usadas com precaução. Use penicilina injectável apenas nas infecções graves ou perigosas.

Ampicilina e Amoxicilina


A ampicilina e amoxicilina são penicilinas de amplo espectro, o que significa que elas matam muitos tipos de bactérias. Estes dois antibióticos são muitas vezes intercambiáveis. Quando você encontra uma recomendação para ampicilina no livro, muitas vezes você pode usar a amoxicilina na dose correcta em seu lugar.

Ampicilina e amoxicilina são muito seguras e são especialmente úteis em bebés e crianças pequenas. Elas são úteis no tratamento de infecções do ouvido. A ampicilina é útil no tratamento da meningite e outras infecções graves em recém-nascidos e a amoxicilina é usada para a pneumonia.

Efeitos adversosGreen-effects-nwtnd.png

Os dois medicamentos, em especial a ampicilina, tendem a causar náusea e diarreia. Evite administra-los em crianças que já têm diarreia se pode dar um outro antibiótico em seu lugar.

O outro efeito adverso comum é a erupção cutânea. Manchas elevadas pruriginosas, que aparecem e desaparecem em poucas horas são provavelmente um sinal de alergia à penicilina. Pare de dar o medicamento imediatamente e não dê à criança nenhum outro antibiótico da família da penicilina novamente. Reações alérgicas futuras podem ser mais graves e até mesmo fatais. Em alguns problemas, pode ser usada a eritromicina em seu lugar. A erupção plana que se parece ao sarampo, e que geralmente surge uma semana após o início do tratamento e leva dias para desaparecer, não é necessariamente uma alergia. Mas é impossível ter a certeza se a erupção é provocada por uma alergia ou não, por isso é melhor parar de tomar o medicamento.

ImportanteNBgrnimportant.png

A resistência a estes medicamentos é cada vez mais comum. Dependendo de onde você mora, eles podem não ser mais eficazes contra Staphylococcus, Shigella, ou outras infecções.

Como usarNBgrninjectpill.png

A ampicilina e a amoxicilina são eficazes quando tomadas por via oral. A ampicilina também pode ser administrada por injecção, mas só deve ser injectada nas doenças graves, como a meningite, ou quando a criança tem vómitos ou não pode engolir.

Tal como acontece com os outros antibióticos, dê sempre por pelo menos o menor número de dias, recomendados em baixo. Se a criança ainda tem sinais de infecção, continue a tomar a mesma dose todos os dias até que todos os sinais de infecção tenham desaparecido por pelo menos 24 horas. Se a pessoa tomou o medicamento pelo número máximo de dias e continua doente, pare de dar o antibiótico e procure ajuda médica. Para as pessoas com HIV, dê sempre o antibiótico pelo número máximo de dias recomendado.

Da mesma forma, a dose do antibiótico a tomar depende da idade e peso da pessoa e gravidade da infecção. Em geral, dê a dose mais baixa para uma criança mais magra ou uma infecção mais ligeira, e a dose maior para as pessoas mais gordas ou com infecção mais grave.

Amoxicilina (Oral)
Para a maioria das infecções em crianças
Dar 45 a 50 mg por kg por dia, dividida em 2 doses. Se não pode pesar a pessoa, a dose por idade é:
Menores de 3 meses: dar 125 mg, 2 vezes por dia durante 7 a 10 dias.
3 meses a 3 anos: dar 250 mg, 2 vezes por dia durante 7 a 10 dias.
4 a 7 anos: dar 375 mg, 2 vezes por dia durante 7 a 10 dias.
8 a 12 anos: dar 500 mg, 2 vezes por dia durante 7 a 10 dias.
Maiores de 12 anos: dar 500 a 875 mg, 2 vezes por dia, durante 7 a 10 dias.
Na pneumonia
Dê 80 mg por kg, por dia, dividido em 2 tomas diárias durante 3 dias. Se muitas pessoas na sua área têm HIV, dê esta dose de amoxicilina durante 5 dias. Se não puder pesar a criança, a dose por idade é:
2 a 12 meses: dê 250 mg, 2 vezes por dia durante 3 a 5 dias.
12 meses a 3 anos: dê 500 mg, 2 vezes por dia durante 3 a 5 dias.
3 a 5 anos: dê 750 mg, 2 2 vezes por dia durante 3 a 5 dias.
Ampicilina (Oral)
Dar 50 a 100 mg por kg por dia, dividida em 4 doses. Se não pode pesar a pessoa, a dose por idade é:
Menores de 1 ano: dar 100 mg, 4 vezes por dia durante 7 dias.
1 a 3 anos: dar 125 mg, 4 vezes por dia durante 7 dias.
4 a 7 anos: dar 250 mg, 4 vezes por dia durante 7 dias.
8 a 12 anos: dar 375 mg, 4 vezes por dia durante 7 dias.
Maiores de 12 anos: dar 500 mg, 4 vezes por dia durante 7 dias.

Ampicilina (Injecção)
A ampicilina por injecção é para doenças graves, ou quando a pessoa tem vómitos ou não consegue engolir.

Injectar 100 a 200 mg por kg por dia, dividida em 4 doses. Se não pode pesar a pessoa, a dose por idade é:
Menores de 1 ano: Injectar 100, 4 vezes por dia durante 7 dias.
1 a 5 anos: injectar 300 mg, 4 vezes por dia durante 7 dias.
6 a 12 anos: injectar 625 mg, 4 vezes por dia durante 7 dias.
Maiores de 12 anos: injectar 875 mg, 4 vezes por dia durante 7 dias.

Se suspeitar de meningite ou pneumonia grave, administre a combinação de ampicilina e gentamicina descritas abaixo. Veja as precauções sobre a gentamicina.

Para tratar a meningite, enquanto transporta a criança para o hospital, injecte uma das combinações de medicamentos abaixo indicadas, no músculo ou na veia. Injecte na veia apenas se foi treinado para isso. Se não foi treinado, injecte no músculo. Veja Medicamentos, testes laboratoriais e tratamentos (em desenvolvimento) para saber como injectar.

AMPICILINA E CEFTRIAXONA
Dilua um frasco de 500 mg de ampicilina em pó em 2,1 ml de água estéril. Isto faz uma concentração de 500 mg por 2,5 ml.

Dilua um frasco de 1g de ceftriaxona em pó em 3,5 ml de água estéril. Isto faz uma concentração de 1g por 4 ml.

ImportanteNBgrnimportant.png

Não dê ceftriaxona a bebés com menos de 1 mês.

AMPICILINA: injecte 50 mg por kg de peso, 4 vezes por dia por pelo menos 5 dias. E CEFTRIAXONA: injecte 100 mg por kg de peso, em dose única diária por pelo menos 5 dias.

Se não pode pesar a criança, a dose por idade é:
1 a 12 meses: injecte 2 ml de ampicilina 4 vezes por dia, E
2 ml de ceftriaxona em dose única diária, por pelo menos 5 dias.
1 a 3 anos: injecte 3 ml de ampicilina 4 vezes por dia, E
4 ml de ceftriaxona em dose única diária, por pelo menos 5 dias.
4 a 5 anos: injecte 5 ml de ampicilina 4 vezes por dia, E
6 ml de ceftriaxona em dose única diária, por pelo menos 5 dias.

OU

AMPICILINA E GENTAMICINA
Dilua um frasco de 500 mg de ampicilina para injecção em 2,1 ml de água estéril. Isto faz uma concentração de 500 mg por 2,5 ml.

Use um frasco de 2 ml de gentamicina não diluída com 40 mg por ml.

ImportanteNBgrnimportant.png

A gentamicin é um antibiótico muito forte da família dos aminoglicósidos. Ela pode ser administrada apenas por injecção intramuscular ou endovenosa (na veia). Este medicamento pode causar dano aos rins e aos ouvidos. Por isso, deve apenas ser usado nas emergências a caminho de obter ajuda médica. A gentamicina deve ser dada na dose correcta exacta.

Se a criança está desidratada (boca muito seca ou não está a urinar) dê bebida rehidratante até que a desidratação melhore, antes de dar gentamicina. Veja Dor Abdominal, Diarreia e Parasitas para saber como preparar e dar uma bebida rehidratante oral.

Para bebés com menos de 1 semana de idade
AMPICILINA injecte 50 mg por kg, 2 vezes por dia por pelo menos 5 dias,
E
GENTAMICINA injecte 5 mg por kg, em dose única diária por pelo menos 5 dias. Não dê por mais de 10 dias.
Para um bebé com 1 semana a 1 mês de idade: AMPICILINA: injecte 50 mg por kg, 3 vezes por dia por pelo menos 5 dias, E
GENTAMICINA: injecte 7.5 mg por kg, em dose única diária por pelo menos 5 dias. Não dê por mais de 10 dias.

Para crianças e bebés com mais de 1 mês: AMPICILINA: injecte 50 mg por kg, 4 vezes por dia por pelo menos 5 dias, E
GENTAMICINA: inject 7.5 mg por kg, em dose única diária por pelo menos 5 dias. Não dê por mais de 10 dias.

É mais seguro dar a dose correcta exacta de gentamicina, de acordo com o peso da criança mas, se não puder pesar a criança a dose por idade é:
1 a 4 meses: injecte 1,5 ml de ampicilina 4 vezes por dia, E
1 ml de gentamicina 1 vez por dia, durante pelo menos 5 dias.
4 a 12 meses: injecte 2 ml de ampicilina 4 vezes por dia, E 1,5 ml de gentamicina uma vez ao dia, por pelo menos 5 dias E
1,5 ml de gentamicina 1 vez por dia, durante pelo menos 5 dias.
1 a 3 anos: injecte 3 ml de ampicilina 4 vezes por dia, E 2 ml de gentamicina 1 vez por dia, durante pelo menos 5 dias.
4 a 5 anos: injecte 5 ml ampicilina 4 vezes por dia, E 3 ml gentamicina 1 vez por dia, durante pelo menos 5 dias.

Não dê por mais de 10 dias.

Penicilina por via oral, penicilina V, penicilina VK


A penicilina oral (ao contrário da injectável) pode ser usada nas infecções ligeiras e moderadas, incluindo:

  • dor de garganta súbita, com febre alta (faringite estreptocócica)
  • infecção do ouvido
  • sinusite
  • febre reumática
  • pneumonia

Mesmo que tenha iniciado o tratamento com uma injecção de penicilina para o tratamento de uma infecção grave, em geral pode mudar a penicilina oral, assim que a pessoa começa a melhorar. Se a pessoa não melhora dentro de 2 ou 3 dias, considere a mudança para outro antibiótico e procure ajuda médica.

Como usarNBgrnpill.png

Para ajudar o corpo a fazer melhor uso do medicamento, tome penicilina com o estômago vazio, pelo menos 1 hora antes ou 2 horas após as refeições.

Dê 25 a 50 mg por kg por dia, divididos em 4 doses, durante 10 dias. Se não puder pesar a criança, a dose por idade é:
Menos de 1 ano: dê 62 mg, 4 vezes por dia durante 10 dias.
1 a 5 anos: dê 125 mg, 4 vezes por dia durante 10 dias.
6 a 12 anos: dê 125-250 mg, 4 vezes por dia durante 10 dias.
Mais de 12 anos: dê 250 a 500 mg, 4 vezes por dia durante 10 dias.

Nas infecções mais graves, dê o dobro da dose acima recomendada.

Na febre reumática
Crianças: dê 250 mg, 2 vezes por dia durante 10 dias.
Adultos: dê 500 mg, 2 vezes por dia durante 10 dias.

Penicilina injectável, incluindo a Penicilina G


A penicilina injectável deve ser usada em certos tipos de infecções graves, incluindo:

  • Tétano
  • Pneumonia grave
  • Feridas gravemente infectadas
  • Quando o osso sai pela ferida (através da pele)
  • Sífilis

A Penicilina injectável vem em diferentes apresentações. A principal diferença entre as apresentações é o tempo que dura o medicamento no corpo: assim, temos penicilina de curta duração, de acção intermédia ou de acção prolongada.

Como usarNBgrninject.png

PENICILINA PROCAÍNA,BENZILPENICILINA PROCAÍNA (penicilina de acção intermédia)
Injectar só no músculo (IM), e não na veia (IV).

Dê 25,000 a 50,000 unidades internacionais (UI) por kg por dia. Não dê mais do que 4,8 milhões de unidades. Se você não pode pesar a criança, a dose por idade é:
2 meses a 3 anos: injectar 150 mil unidades (150,000 UI), uma vez por dia durante 10 a 15 dias.
4 a 7 anos: injectar 300,000 unidades (300,000 UI), uma vez por dia durante 10 a 15 dias.
8 a 12 anos: injectar 600 mil unidades (600,000 UI), uma vez por dia durante 10 a 15 dias.
Mais de 12 anos: injectar entre 600 mil (600,000 UI) para 4,8 milhões de unidades (4,800,000 UI), uma vez por dia durante 10 a 15 dias.

Não utilizar em bebés com menos de dois meses, a não ser que nenhuma outra penicilina ou a ampicilina esteja disponível. Se esta for a sua única opção, injectar 50,000 unidades, uma vez por dia durante 10 a 15 dias.

Nas infecções muito graves em qualquer idade, use o dobro da dose acima mencionada. Não dê mais do que 4.800.000 unidades num dia.

BENZILPENICILINA BENZATINA, PENICILINA BENZATÍNICA (penicilina de ação prolongada)
Injecte só no músculo (IM ), não na veia (IV).

Crianças com menos de 30 kg, ou de 1 a 7 anos de idade: injectar entre 300,000 a 600,000 unidades, uma vez por semana. Nas infecções ligeiras, uma única injecção pode ser suficiente.
Adultos e crianças acima de 30 kg, ou mais de 8 anos de idade: injetar 1,2 milhões de unidades. Nas infecções ligeiras, uma única injeção pode ser suficiente.

Nas infecções na garganta, dar uma única injecção da dose acima mencionada.

Em pessoas que já tiveram febre reumática, injectar a dose acima mencionada 1 única vez a cada 4 semanas. Continue esse tratamento durante 5 a 10 anos para prevenir a doença reumática.

Na sífilis em recém-nascidos, injectar uma dose única de 50000 unidades por kg.

Outros antibióticos

Eritromicina


A Eritromicina é eficaz contra as mesmas infecções que a penicilina e pode ser usada em pessoas que são alérgicas a penicilina. Para muitas infecções ela também pode ser usada em vez da tetraciclina. . Ela também pode ser usada na difteria e na tosse convulsa (pertussis).

Para as pessoas que são alérgicas as penicilinas, a eritromicina é uma boa alternativa. Para muitas infecções, ela também pode ser usada em vez da tetraciclina.


Efeitos adversosGreen-effects-nwtnd.png

A eritromicina causa frequentemente náusea e diarreia, especialmente em crianças. Não use por mais de duas semanas, pois pode causar icterícia.

Como usarNBgrnpill.png
Dê 30 a 50 mg por kg, divididos em 2 a 4 doses por dia. Se não pode pesar a criança, administre a dose por idade:
Recém-nascidos até 1 mês de idade: dê 62 mg, 3 vezes por dia durante 7 a 10 dias.
1 mês a 2 anos: dê 125 mg, três vezes por dia durante 7 a 10 dias.
2 a 8 anos: dê 250 mg, três vezes por dia durante 7 a 10 dias.
Mais de 8 anos: dê 250 a 500 mg, quatro vezes por dia durante 7 a 10 dias.

Nas infecções graves, dê o dobro das doses acima mencionadas.

Cotrimoxazol, sulfametoxazol com trimetoprim, TMP–SMX


Esta combinação de dois antibióticos é barata e é eficaz contra muitas infecções. . É um fármaco importante para as pessoas com HIV e pode prevenir o surgimento de algumas das infecções que aparecem como resultado da infecção por HIV. Ver HIV e SIDA (em desenvolvimento).

ImportanteNBgrnimportant.png

Evite dar cotrimoxazol a bebés com menos de 6 semanas de idade e em mulheres nos últimos 3 meses de gravidez. A alergia a este medicamento é comum. Sinais de reacção alérgica são febre, dificuldade em respirar, ou erupção cutânea. Pare de dar cotrimoxazol se a criança desenvolve erupção cutânea ou se você acha que pode ser uma alergia.

Como usarNBgrnpill.png

O Cotrimoxazol apresenta-se em diferentes dosagens de cada um dos dois medicamentos que fazem parte da sua composição. Por isso, pode-se dizer 200/40 (ou seja, 200 mg de sulfametoxazol e 40 mg trimetoprim) ou 400/80 ou 800/160. As vezes, a dose é descrita apenas em função da quantidade de trimetoprim (o segundo medicamento).

Na maioria das infecções
6 semanas a 5 meses: dê sulfametoxazol 100 mg + trimetoprim 20 mg, duas vezes por dia, durante 5 dias.
6 meses a 5 anos: dê sulfametoxazol 200 mg + trimetoprim 40 mg, duas vezes por dia, durante 5 dias.
6 aos 12 anos: dê sulfametoxazol 400 mg + trimetoprim 80 mg, duas vezes por dia, durante 5 dias.
Mais de 12 anos: dê sulfametoxazol 800 mg + trimetoprim 160 mg, duas vezes por dia, durante 5 dias.
Nas crianças com HIV, para prevenir a pneumonia
Menores de 6 meses: dê sulfametoxazol 100 mg + trimetoprim 20 mg, uma vez por dia, todos os dias.
6 meses a 5 anos: dê sulfametoxazol 200 mg + trimetoprim 40 mg, uma vez por dia, todos os dias.
6 aos 14 anos: dê sulfametoxazol 400 mg + trimetoprim 80 mg, uma vez por dia, todos os dias.
Mais de 14 anos: dê sulfametoxazol 800 mg + trimetoprim 160 mg (dois comprimidos 400/80, ou um comprimido de "dupla dosagem 800/160"), 1 vez por dia, todos os dias.



Esta página foi actualizada: 08 mar. 2021