Hesperian Health Guides

Malária

um mosquito com pontos nas asas
O mosquito da malária pode ter asas com pontos.

A malária é causada por um parasita (chamado Plasmodium) transmitido às pessoas por mosquitos (chamados Anopheles) que picam principalmente à noite. Na maioria dos casos de malária comum (chamada malária não complicada), os ciclos de febre e calafrios são desagradáveis, mas desaparecem em poucos dias com o tratamento. Mas, sem tratamento, a malária pode se tornar perigosa rapidamente. Isso é chamado de malária grave ou complicada. Nas regiões com malária, as pessoas com febre inexplicável devem ir a uma unidade sanitária para fazer um teste de sangue. Se o teste for positivo para malária, ou se o teste não estiver disponível, mas os profissionais de saúde acharem que é malária, inicie o tratamento com medicamentos imediatamente.

Existem diferentes tipos de parasitas que causam malária: falciparum, vivax, ovale e malariae. As autoridades sanitárias sabem que tipos de parasitas existem onde você mora e que medicamentos funcionam melhor.

A malária é especialmente perigosa para bebés, crianças menores de 5 anos, mulheres grávidas e pessoas com HIV. Quando a gravidez, o HIV ou outra doença tornam difícil o corpo da pessoa combater as infecções, é mais provável ter malária ou desenvolver malária grave ou complicada.

Malária não complicada

Um sinal comum de malária é febre que vai e vem, seguida em cada momento por calafrios. Às vezes, a pessoa transpira quando a febre baixa. No entanto, muitos casos de malária não seguem esse padrão. Os outros sinais são comuns, mas não afectam a todas as pessoas e também são sinais de outras doenças.

Sinais de malária não complicada
  • A febre pode ser ligeira, mas muitas vezes é alta, 39°C (102 ° F) ou mais
  • Calafrios e suores
  • Dores de cabeça e dores no corpo
  • Náusea, vômito, falta de apetite
  • Palidez e fraqueza devido à anemia
  • Icterícia leve (cor amarela na parte branca dos olhos ou pele numa pessoa de cor clara)
  • Baço aumentado (um profissional de saúde sente isso ao examinar a barriga)


um profissional de saúde tirando uma gota de sangue do dedo de uma criança sentada no colo da mãe
O teste de diagnóstico rápido (TDR) da malária usando uma gota de sangue. Se a pessoa continua com sintomas após ter tomado medicamentos para a malária, o TDR não dá um resultado correcto, pois este mantem-se positivo até 4 semanas após o tratamento. Transfira o doente para uma unidade sanitária onde possa fazer microscopia.

Um teste de sangue confirma se uma pessoa tem malária. Alguns testes de malária requerem um microscópio, mas muitos profissionais de saúde têm kits de teste rápido que usam apenas uma gota de sangue.

Tratamento da malária não complicada

Inicie o tratamento da malária o mais rápido possível após um teste de sangue positivo ou se você tiver um bom motivo para suspeitar de malária e o teste não estiver disponível. Em áreas com malária por P. falciparum, é especialmente importante iniciar o tratamento imediatamente. Como os mosquitos transmitem a malária de pessoa para pessoa, tratar uma pessoa doente protege outras pessoas de serem infectadas.

Saiba que medicamentos para a malária as autoridades sanitárias locais recomendam. Em muitas regiões, o parasita da malária desenvolveu resistência a alguns medicamentos. Isso significa que os medicamentos que antes funcionavam para prevenir ou tratar a malária não funcionam mais. Os medicamentos que curam a malária em uma região podem não curar a malária encontrada em um local diferente.

Uma pessoa com malária precisará descansar e beber água potável, sopas e também bebidas rehidratantes, se houver febre, vómito ou diarreia.

IMPORTANTE! Tome todos os medicamentos durante todos os dias recomendados, mesmo que se sinta melhor. Se parar de tomar o medicamento, a malária pode voltar e os medicamentos podem não funcionar mais.
uma mulher de aparência saudável
A mulher que tomou todos os medicamentos ficou melhor. A mulher que não terminou todos os medicamentos ainda está doente na cama.
uma mulher com febre na cama

Malária grave ou complicada

A malária grave pode se desenvolver quando a malária não complicada não é tratada ou não é tratada precocemente. A malária grave é mais provável quando ela é causada pelo parasita "Plasmodium falciparum" (P. falciparum). A pessoa com malária grave precisa de cuidados especiais num hospital ou centro de saúde com condições para o tratamento. A malária grave pode causar a morte dentro de 1 ou 2 dias, especialmente se chegar ao cérebro, uma condição chamada "malária cerebral".

Sinais de perigo da malária grave
  • Muito fraco para se sentar ou ficar de pé, não consegue ficar acordado
  • Confusão mental, convulsões ou perda de consciência
  • Vómitos repetidos, não consegue beber ou mamar
  • Respiração rápida ou dificuldade em respirar
  • Tensão arterial baixa ou outros sinais de choque.
  • Urina escura e menos urina quando os rins começam a falhar


Os profissionais de saúde também devem testar o sangue e a urina para:

  • Anemia
  • Hemoglobina na urina
  • Baixo nível de açúcar no sangue (glicose)
Tratamento da malária grave

Adultos e crianças com malária grave precisam de um profissional de saúde treinado para administrar artesunato na veia ou no músculo por 24 horas ou mais. Se o hospital ou a pessoa que pode fazer esse tratamento não estiver próximo, um profissional de saúde local pode receber treinamento e medicamentos para injectar artesunato ou quinino para ajudá-lo antes de chegar ao hospital. Os supositórios (ou cápsulas) de artesunato no recto são usadas em crianças menores de 6 anos de idade onde o artesunato injectável não está disponível para ajudar a criança a sobreviver até chegar a uma unidade sanitária com mais recursos. O tratamento de emergência não cura a malária; você também precisará de 3 ou mais dias de medicamentos adicionais por via oral.

duas crianças dormindo numa cama com rede mosquiteira
Os mosquitos da malária picam à noite. Para a prevenção da malária, durma sob uma rede mosquiteira tratada com insecticida. Cubra também o berço do bebé com uma rede.
Prevenção da malária

Às vezes, os medicamentos que tratam a malária são usados para preveni-la. Em alguns países, é importante tomar medicamentos uma vez por mês para prevenir a malária durante os últimos 6 meses de gravidez (veja sulfadoxina + pirimetamina ). Nos países em que a malária só aparece na estação das chuvas, os programas podem fornecer medicamentos de prevenção da malária às crianças durante alguns meses por ano. As pessoas que viajam para uma região com malária também podem preveni-la tomando uma dose diária ou semanal de medicamento. Com que frequência, dependerá da região e do medicamento utilizado. As vacinas para prevenir a malária estão sendo desenvolvidas e podem tornar-se disponíveis no futuro.

Dormir sob uma rede mosquiteira tratada com insecticida é uma das melhores formas de prevenir a malária. Essas redes são tratadas com um ou mais insecticidas, que são relativamente seguros, especialmente se comparadas com adoecer por malária. Saiba mais sobre como as redes mosquiteiras previnem a malária e outras doenças transmitidas por mosquitos.

A distribuição gratuita de redes mosquiteiras tratadas com insecticida e a pulverização intra-domiciliária com insecticidas feita por trabalhadores treinados pode parar a malária quando um número de casas suficiente na comunidade estão abrangidas. Você pode evitar que os mosquitos da malária se reproduzam, parando a eclosão dos seus ovos, ou matando as suas larvas New_Where_There_Is_No_Doctor:Prevenir_doenças_transmitidas_por_mosquitos#repelEvitar as picadas de mosquito]] sempre ajudará a prevenir as doenças que eles transmitem.

uma mulher conversando com um grupo sobre as causas da malária
PORQUE EXISTE MAIS MALÁRIA?
A estação chuvosa piora a cada ano
A doença trazida para casa por trabalhadores que migraram para a costa
A falta de medicamentos no Centro de Saúde
É difícil encontrar redes mosquiteiras novas
...e os buracos na estrada ficam cheios de água.

A pobreza e a injustiça permitem que a malária se transmita. Se as pessoas não têm os meios para se protegerem contra a malária, elas são infectadas e depois as outras pessoas apanham através dos mosquitos. Para que as campanhas de prevenção e tratamento sejam bem-sucedidas, redes mosquiteiras, testes de malária, medicamentos e formas seguras de impedir a reprodução de mosquitos devem estar disponíveis para todos.



Esta página foi actualizada: 11 mai. 2021