Hesperian Health Guides

Restaurar a terra estragada

Neste capítulo:

Às vezes, a terra está tão estragada que parece impossível restaurá-la para a pôr saudável. Nos lugares onde a terra se transformou num deserto, ou onde os produtos químicos tóxicos no solo tornaram impossível que as plantas crescessem, a terra pode levar centenas de anos a restaurar-se. Mas em muitos lugares, com trabalho cuidado e compreensão sobre as formas de a terra se restaurar, podemos ajudá-la a recuperar.

Ninguém pode forçar a terra a ser produtiva. Até mesmo os adubos químicos só funcionam durante algum tempo, antes que a terra deixe de produzir. Mas, se prestarmos atenção aos ciclos naturais, podemos ajudar a criar as condições de que a terra precisa para que ela se restaure e transforme em terra saudável e fértil.

Sucessão natural

Às vezes, a melhor maneira de restaurar a terra é deixá-la estar ou ajudá-la a recuperar pouco a pouco. Construir vedações ou colocar sinais a pedir às pessoas para se afastarem ou reduzir o número de animais que pastam a terra pode ajudar bastante a recuperação da terra. Quando se protege a terra do uso e as condições são as correctas para a vida regressar, as plantas voltam numa ordem natural, chamada sucessão natural. Este processo pode levar muitos anos, e até mesmo várias gerações.

A tall tree.

A sucessão natural NÃO vai restaurar a terra quando:

  • Não há sementes ou plantas nativas por perto;
  • As plantas que crescem rapidamente tomaram de assalto o espaço e afastam as plantas desejáveis;
  • A terra está tão degradada ou contaminada que nada vai crescer. (para uma história sobre como restaurar a terra depois de um derrame de petróleo, ver “Limpeza de derrame de petróleo torna os trabalhadores doentes”)

Plantas e árvores nativas e não nativas

As plantas nativas (plantas da área local) crescem facilmente nas condições locais. Elas também preservam a biodiversidade, atraindo e criando casas para os insectos, pássaros e animais nativos.

Às vezes, as plantas e árvores que não são nativas ou originárias da área local tornam-se populares porque crescem depressa, produzem boa madeira ou ajudam a melhorar o solo. Algumas árvores, como o eucalipto, o pinheiro, a teca, a amargoseira e a leucena, foram plantadas em todo o mundo.

Mas plantar árvores e plantas que não são nativas da sua área pode criar problemas. Elas podem usar demasiada água subterrânea, competir com culturas e árvores nativas pela água e pelos nutrientes do solo, propagar-se para além dos lugares onde você quer que elas cresçam ou fazer com que os animais ou insectos nativos procurem outros lugares para viver. Quando as plantas não nativas tomam de assalto o espaço, é difícil restaurar a terra através da sucessão natural.

Sucessão natural

Illustration of the below: Rain and sun on cracked, barren ground.
Illustration of the below: Rain and sun on ground with a few small plants.
1.Terra degradada com solo fraco e nenhuma planta. 2. Plantas pequenas e robustas, chamadas plantas pioneiras, voltam a crescer primeiro nos lugares onde o solo pode acumular-se. As plantas pioneiras retêm a água e atraem insectos e pássaros.
Illustration of the below: Rain and sun on small plants, birds and insects.
Illustration of the below: Plant roots growing down into soil.
Illustration of the below: Plants and a tree with deep roots.
3. A água acumula-se nas pequenas zonas de captação criadas pelas plantas pioneiras, trazendo sementes e nutrientes. Os pássaros trazem mais sementes. 4. Crescem plantas maiores e pequenas árvores. As raízes das plantas rasgam o solo compactado. O solo acumula-se e retém mais água. 5. Plantas maiores e arbustos voltam a crescer e a terra é restaurada.
Como fazer bolas de sementes

Um método simples para restaurar as plantas numa área com erosão é usando bolas de sementes. Todos os anos deverá apanhar sementes selvagens. As crianças são especialmente boas a apanhar sementes e é uma actividade de aprendizagem divertida. Juntar tantos tipos diferentes quanto possível de sementes de plantas nativas da área. Fazer pequenas bolas com estas sementes e algum solo. Misturar:

EHB Ch11 Page 204-1.png
EHB Ch11 Page 204-2.png
EHB Ch11 Page 204-3.png
EHB Ch11 Page 204-4.png
1 parte de
sementes
misturadas
2 partes de
composto peneirado ou terra para plantas
3 partes de
argila, peneirada ate que não contenha pedra
Um pouco de água.

Misturar as sementes com composto ou solo para plantar, depois acrescentar a argila. Acrescentar apenas a água sufi ciente para humedecer a mistura. Se você acrescentar demasiada água, as sementes vão brotar demasiado cedo. Fazer pequenas bolas com esta mistura. Deixá-las secar durante alguns dias ao sol.

EHB Ch11 Page 204-5.png

Mesmo antes ou durante a época das chuvas, ir para a área onde você quer restaurar a vida das plantas e deitar as bolas ao chão. Construir primeiro nesse lugar trincheiras de contorno ou outras barreiras para orientar a água de escoamento à superfície e ajudar as sementes a brotarem e a crescerem.

As sementes vão começar a crescer quando chover. O composto traz nutrientes e o barro impede que as sementes sequem, sendo comidas por ratos ou pássaros ou levadas com o vento. Passado um ano, as novas plantas vão produzir as suas próprias sementes e passado pouco tempo muitas plantas novas vão crescer. O solo vai acumular-se à volta das plantas, prevenindo a erosão. Em breve outros tipos de plantas vão aparecer. Se não for perturbada, depois de muitos anos toda a área estará restaurada.

Ajudar as árvores a reproduzirem-se sozinhas
A woman sitting beneath a dead tree.

Na Somália, África Oriental, há menos árvores por causa do clima seco do deserto. Mas o número de árvores tornou-se ainda mais pequeno porque as poucas árvores que conseguem crescer são muitas vezes cortadas para fazer carvão. Algum deste carvão é usado pelo povo somali, mas muito é vendido a outros países. Quando uma mulher chamada Fátima Jibrell viu este problema, começou a fazer campanha para impedir a venda de carvão a outros países. “Quando quase não temos para nós”, disse ela, “não podemos dar-nos ao luxo de deixar os outros explorarem os nossos recursos”.

A campanha da Fátima foi bem-sucedida. Mas já nessa altura, restavam poucas árvores. Por isso, ela começou uma campanha para promover o crescimento de novas árvores na Somália. Ela acreditava que a melhor maneira de reduzir a pobreza grave do seu povo era trazer as árvores de volta à Somália..

A terra na Somália é muito quente e seca, o que torna difícil plantar árvores. E como a maior parte das pessoas na Somália se deslocam de um lugar para outro com a mudança das épocas do ano, não é prático esperar que as pessoas plantem árvores e cuidem delas. Por isso, a Fátima começou a ensinar as pessoas a construírem pequenas vedações de rochas à medida que viajavam pelo país. Embora a terra fosse muito plana, a Fátima acreditava que a água iria encontrar o seu caminho para os lugares mais baixos e iria trazer vida com ela. Durante a curta época das chuvas, estas vedações baixas ajudaram a acumular nutrientes no solo e as plantas e árvores começaram acrescer sozinhas. Agora, há mais árvores a crescer na Somália do que houve em muitos anos.

A tree beside a low rock fence.



Esta página foi actualizada: 24 fev. 2024