Hesperian Health Guides

Plantar árvores

Neste capítulo:

Com as condições certas, plantar árvores ajuda a restaurar as terras estragadas e a disponibilizar lenha, madeira, alimentos e medicamentos para as pessoas e para os animais.

Plantar árvores pode voltar a tornar a terra pobre e árida em terra rica e fértil. Mas as árvores plantadas em condições difíceis precisam de ser cuidadas para crescerem bem. Plantar árvores tem muitos benefícios, mas não é bom para todas as áreas ou para todas as comunidades (ver uma actividade que pode ajudar a decidir se se deve plantar árvores ou não. Há várias maneiras de cultivar árvores:

A tall tree next to 2 seedlings.

O método que você escolhe depende do tipo de árvores que você quer plantar e do tipo de sementes e plantinhas que está disponível.

Seleccionar sementes ou cortes

Muitas pessoas conhecem provérbios como este: “Tal pai, tal filho”. Assim como um filho cujos pais são altos vai também provavelmente ser alto, uma plantinha de árvore cujos “pais” tenham um tronco direito que é bom para madeira, ou que produza medicamentos úteis, vai provavelmente partilhar as mesmas qualidades. É melhor apanhar sementes ou cortes de árvores da família que são saudáveis e têm as qualidades que você quer. Se não conseguir sementes na sua área, pode conseguir obter sementes de um extensionista ou de um viveiro ou horta numa vila perto de si.

Preparar sementes para plantar

Algumas sementes, habitualmente aquelas com coberturas suaves e que são sumarentas, devem ser plantadas pouco tempo depois de terem sido apanhadas. Outras sementes podem precisar de ser guardadas durante muitos meses antes de você as plantar

EHB Ch11 Page 207-1.png

A maior parte das sementes precisa de água para começar a crescer. Quando uma semente está coberta com uma casca grossa ou dura, pode também precisar de ser amolecida ou cortada antes de a água poder entrar nela. Algumas sementes podem precisar de mais tratamento antes de serem plantadas.

  • Se a casca da semente não for demasiado dura (você consegue mordê-la ou parti-la com as suas unhas) e não for demasiado grossa (menos grossa que a capa deste livro), plante-a directamente em solo húmido.
EHB Ch11 Page 207-2.png
  • Se a casca for dura mas fina, envolva as sementes num pedaço de pano. Deixe-as mergulhar durante 1 minuto em água demasiado quente para tocar mas que ainda não esteja a ferver (80° C). Retire-as da água quente e ponha-as rapidamente em água fria para embeber durante a noite. Plante-as no dia seguinte.
  • Uma outra forma de tratar as cascas de semente que são duras mas finas é mergulhar as sementes em água fria durante um dia inteiro e depois cobri-las com sacos de pano húmidos durante mais 24 horas. Repetir este procedimento durante 6 dias. No 7.º dia, plantar a semente.
EHB Ch11 Page 207-3.png
  • Se a casca for dura e grossa, raspe as sementes com uma pedra dura ou com papel de lixa até conseguir ver a parte macia de dentro da semente. Tenha cuidado para não raspar demasiado e estragar a semente.

EHB Ch11 Page 207-4.png

  • Se a casca da semente for macia mas grossa, corte uma faixa fina da casca, tendo o cuidado de cortar tão pouco do interior da semente quanto possível.
  • Algumas sementes com cascas duras tratam-se melhor mergulhando -as durante a noite em água misturada com dejectos de vaca e depois secando-as ao sol durante 1 dia. Repetir este processo durante 3 a 4 dias. As boas sementes vão começar a crescer e a ficar prontas para serem plantadas. As sementes que não brotaram podem ser deitadas fora.

Algumas sementes precisam de tratamentos mais complicados, como por exemplo serem aquecidas em lume baixo, arrefecidas ou comidas e passadas pelos animais. Experimente descobrir o que é que funciona melhor. Depois de muitas tentativas, você vai ser um(a) especialista em preparar sementes de árvores.

Preparar cortes de árvores

EHB Ch11 Page 208-1.png
Plantar o corte neste ângulo
3 a 4 nódulos debaixo da terra
As raízes crescem a partir dos nódulos subterrâneos

Algumas árvores crescem melhor colocando um corte no solo e regando-o até ele produzir raízes. As árvores produzidas a partir de cortes produzem habitualmente frutos ou sementes mais cedo do que as árvores produzidas a partir de sementes.

Alguns cortes podem ser plantados directamente no solo onde você quer que a árvore cresça. Outros devem ser plantados num viveiro até terem crescido muitas folhas e raízes e poderem sobreviver sozinhos.

Faça cortes a partir do meio de um ramo, onde a madeira não dobra demasiado mas também não é demasiado rígida. Seleccione um pedaço com cerca de 6 a 10 “nódulos” (altos num ramo, onde as folhas crescem ou costumavam crescer). Retire suavemente as folhas, tendo cuidado para não estragar os nódulos. Corte o ramo em ângulo em vez de cortar a direito, para ajudar as raízes a formarem-se correctamente.

Quer os cortes tenham sido plantados num viveiro ou directamente no chão, garanta que eles têm água suficiente e que estão protegidos de pragas até terem produzido raízes suficientes para conseguirem encontrar a água sozinhos.

Transplantar plantinhas selvagens

A woman kneels to dig up a seedling
Apanhar plantinhas da floresta para transplantar

Uma outra forma de criar uma floresta é cavar plantinhas de árvores selvagens e voltar a plantá-las nos lugares onde você quer que elas cresçam. Descubra árvores originárias do lugar, saudáveis, e escolha as plantinhas que crescem perto ou debaixo delas. Retire escavando as plantas pequenas, com cuidado para não estragar a longa raiz principal. Se esta raiz for estragada, a árvore não vai crescer bem. Cave um círculo à volta da plantinha e tão fundo quanto você pensa que a raiz principal cresceu. Use a sua mão ou uma ferramenta para trazer a plantinha para fora sem sacudir o solo à volta das raízes.

Mantenha húmido o solo à volta das raízes da plantinha até ela ser plantada no chão. Continue a regar até que as raízes tenham crescido no novo lugar e a planta possa encontrar água por si própria.

Cultivar árvores num viveiro

Os viveiros de árvores dão às árvores um começo de vida saudável antes de serem transplantadas para outros lugares. Mas criar e cuidar de um viveiro pode dar muito trabalho. Faz sentido criar árvores num viveiro quando:

  • As sementes ou cortes das árvores que você quer plantar são poucas;
  • As pragas danificariam as árvores jovens se não fossem protegidas;
  • As pessoas têm tempo suficiente para tomar conta do viveiro.

Plantar árvores directamente é mais fácil do que criá-las primeiro num viveiro e depois transplantá-las. No entanto, muito mais plantinhas morrem quando se usa o método directo do que quando se cria as árvores num viveiro.

Quando se deve plantar as árvores

A altura do ano em que você planta vai depender de quanto tempo é que as árvores precisam de estar no viveiro. Se a sua área tem uma época seca e uma época de chuvas, plante as suas árvores assim que a época das chuvas começar, para não ter que regar tanto. A maior parte das árvores precisa de 3 a 4 meses no viveiro antes de estar suficientemente grande para ser plantada fora.

Onde colocar um viveiro de árvores

Um viveiro deve ser fácil de aceder e disponível durante tanto tempo quanto o necessário para as plantinhas crescerem e serem transplantadas. Também deve ser acessível a todos os que ali trabalham.

Cada viveiro precisa destas coisas:

EHB Ch11 Page 209-1.png
Um ponto de água e uma maneira de guardar a água
Um armazém seguro para as ferramentas
Um lugar onde o solo pode ser misturado e os recipientes enchidos
Protecção do de sol, vento e chuva
Uma vedação para manter afastados os animais grandes e os vândalos
Espaço para todas as plantinhas
Chão nivelado ou socalcos no caso de se localizar numa encosta

Criar plantinhas de árvores em recipientes

Criar plantinhas de árvore em recipientes facilita o seu transporte e plantio. Os recipientes devem ser suficientemente largos e fundos para deixar as plantinhas formarem uma bola de raízes, mas não tão grandes que sejam muito pesados ou bebam mais água do que a árvore vai precisar.

Quanto mais tempo a plantinha precisar de ficar num viveiro, maior deve ser o recipiente. Um bom tamanho para a maior parte das árvores são cerca de 15 cm de largura no topo e cerca de 9 cm de profundidade. Eles devem ser suficientemente fortes para ficarem de pé quando estiverem cheios com terra e ter buracos para deixar sair o excesso de água.

Seedlings in different types of containers.
Os recipientes que se vão degradar (papel de jornal, folhas, cartão) podem ser plantados directamente no chão com a plantinha. Os recipientes feitos de plástico, vidro, metal ou madeira devem ser retirados antes de plantar, mas podem ser usados novamente muitas vezes.
As plantinhas de árvores jovens precisam de ser protegidas contra o excesso de sol. Muitas crescem melhor debaixo de alguma sombra nas horas de maior calor do dia.

Solo para plantar

O solo usado para plantar deve ser solto, para que as sementes das árvores jovens não apodreçam. Também deve ser rico em nutrientes para as árvores crescerem bem. O solo da floresta ou das curvas nos rios ou ribeiros é muito bom para as árvores jovens.

With a shovel, a man tosses soil against a large screen.
2 partes de areia do rio
1 parte de solo preto rico ou composto
2 partes de solo normal
Peneirar o solo para plantar
Como plantar sementes ou cortes em recipientes

  1. Regar o seu solo para plantar no dia antes de plantar, para que ele esteja húmido e não molhado. Tratar as sementes antes de plantar, mas não tanto tempo antes que elas comecem a crescer ou a apodrecer. Encher os recipientes com solo.
  2. A watering can sprinkles a container.

  3. Para plantar sementes muito pequenas, raspar a superfície do solo, espalhar 5 ou 10 sementes e tapá-las muito suavemente com terra raspando o solo novamente com um garfo ou um pau.
    Para plantar sementes maiores, fazer um buraco no centro do solo, 2 a 3 vezes mais fundo do que a largura da semente. Você pode querer plantar mais do que uma semente em cada recipiente. Tapar as sementes com terra e pressionar ligeiramente. Pressionar a terra removendo as bolsas de ar onde os fungos podem crescer.
  4. Regar os recipientes depois de plantar. Se as sementes forem muito pequenas, isto deve ser feito com cuidado, para que as sementes não sejam levadas pela água.
  5. Quando as sementes tiverem brotado 1 ou 2 folhas, escolher a plantinha que parece mais forte e cortar quaisquer outras, deixando uma plantinha em cada recipiente. Ao cortar as plantinhas que não quer, em vez de as arrancar, você não vai perturbar as raízes da plantinha que prefere.


Regar plantinhas de árvores

Illustration of the below: A drooping seedling next to an upright seedling.
Esta árvore precisa de água.
Esta árvore tem água sufi ciente.

Regar plantinhas de árvores é uma das actividades mais importantes num viveiro. Regue as suas árvores de uma maneira delicada de forma a espalhar a água como chuva, em vez de deitar um único fluxo como uma torneira que pode levar consigo o solo e destapar as raízes.

A quantidade de água de que uma plantinha precisa depende da profundidade a que cresceram suas raízes. Regue as plantinhas assim que as suas folhas começarem a dobrar. Mas é melhor que elas nunca cheguem a este ponto, porque isso cria “ansiedade” na planta.

Até as plantinhas terem 2 ou 3 folhas, regue sempre que a parte de cima do solo pareça completamente seca.

Depois, até elas terem 5 ou 6 folhas, regue quando o solo estiver seco à profundidade da unha do seu polegar.

Depois, até as raízes se encostarem à base do recipiente, regue quando o solo estiver seco à profundidade do primeiro nó do seu polegar.

Remover ervas daninhas e adubar

WAs ervas daninhas competem com as plantinhas das árvores pela luz, água e nutrientes do solo. Um pouco de ervas daninhas pequenas num recipiente não vai fazer mal nenhum. Mas se houver mais, corte-as na base para não desfazer o solo.

Se o seu solo é fértil, as plantinhas devem obter os nutrientes de que precisam. Se for necessário adubo, faça um adubo natural a partir de estrume animal, composto ou urina.

Transplantar plantinhas

EHB Ch11 Page 212-1.png
Distancia entre árboles
Distancia entre árboles
Distancia entre árboles
Plantar num desenho triangular permite que muitas árvores cresçam numa área pequena.

Quando as raízes das plantinhas começam a passar através do fundo dos recipientes (habitualmente 3 a 4 meses depois de plantar) é altura de as transplantar. Se você não pode plantar nesta altura, volte a cortar as raízes uma vez por semana.

Isto ajuda a árvore a formar uma bola cheia de raízes no recipiente e impede-a de deixar crescer as raízes para dentro do solo.

Um mês antes de plantar, remova gradualmente a sombra sobre as plantinhas até que elas tenham a mesma quantidade de sol que o lugar onde vão ser plantadas. Isto habitua as plantinhas às condições mais secas e de mais sol do local de plantio.

Um dia antes de plantar, regue as plantinhas para que os recipientes fiquem molhados. Transporte-as com cuidado, garantindo que não estraga as raízes. Marque o lugar onde quer plantar cada plantinha. A distância entre as árvores depende do tipo de árvore e da razão para as plantar. Regra geral, plante as árvores de maneira que os seus ramos apenas se toquem quando elas estiverem completamente crescidas.

Limpe todas as ervas daninhas ou arbustos que possam fazer sombra às plantinhas ou competir com elas pela água num círculo de 1 metro à volta da área de plantio. Plante de manhã cedo ou nas horas frescas do fim da tarde para proteger as árvores do sol. Evite estragar ou secar as raízes enquanto planta.

EHB Ch11 Page 212-2.png
EHB Ch11 Page 212-3.png
Cavar buracos quadrados 1,5 vezes mais fundos do que os recipientes. Os buracos redondos impedem as raízes de alcançarem o solo à volta. Encher o buraco com o solo de maneira a que a base do caule esteja ao nível do chão quando o buraco é enchido. Você pode querer acrescentar algumas mãos-cheias de composto ou de solo preto rico para ajudar a árvore a começar. Depois de plantar, embeber o solo à volta da árvore com água.

Transplantar em situações difíceis


EHB Ch11 Page 213-1.png
Em lugares secos, fazer pequenos buracos à volta das árvores para acumular água.
EHB Ch11 Page 213-2.png
Cavar um círculo de 1 metro acima do lugar onde a árvore vai ser plantada e formar um socalco (terraço) plano.
Construir uma pequena barreira para impedir o socalco de se desfazer.
Em lugares muito inclinados, fazer um pequeno socalco (terraço) para cada árvore.
EHB Ch11 Page 213-3.png
Em lugares inclinados, fazer um montículo de solo em forma de V do lado para baixo da encosta para apanhar a água da chuva.

Cuidar de árvores jovens

EHB Ch11 Page 213-4.png
Fazer barreiras para proteger as árvores.'

Uma árvore precisa de ser protegida durante o seu primeiro ano de vida. Muitos projectos de plantio de árvores falham porque ninguém cuida das árvores jovens.

Se o tempo for quente e seco, as plantinhas precisam de ser regadas primeiro uma vez por dia, e depois de 2 em 2 ou de 3 em 3 dias. Passadas algumas semanas, as raízes da árvore devem encontrar água. Mas se o tempo ainda for quente e seco, regue à medida que as árvores precisam.

Corte as ervas daninhas até que a árvore seja mais alta do que elas. Se os animais ou as crianças puderem estragar as árvores jovens, construa barreiras à volta das árvores.

Se uma árvore não estiver a crescer bem, ou se as folhas parecerem amarelas ou pouco saudáveis, pode ser importante espalhar adubo natural num círculo tão largo quanto os ramos da árvore.



Esta página foi actualizada: 24 fev. 2024