Hesperian Health Guides

Água e saúde

 woman carrying an infant, a bag, and a water jug

A água é essencial para a vida. Nós necessitamos dela, assim como os animais e plantas de que dependemos para a nossa sobrevivência. Nas comunidades onde existe falta de água segura, surgem muitos problemas de saúde.

  • Sem água, as pessoas não podem cultivar alimentos em quantidade suficiente para se alimentar, levando a malnutrição e outros problemas de saúde.
  • Surgem infecções dos olhos e da pele quando as pessoas não têm água para tomar banho. Outras doenças transmitem-se mais facilmente quando as pessoas não podem estar limpas.
  • As pessoas que vão buscar a água (em geral as mulheres e as crianças) gastam muito tempo num trabalho cansativo, de caminhar e carregar água. Isso rouba tempo que deve ser dedicado a escola, aos trabalhos no campo e em casa ou a vida comunitária.

Água segura para beber

Além da água em quantidade, as pessoas necessitam de água segura para beber ou seja, que esteja livre de germes perigosos e químicos que prejudicam a saúde. A água contaminada provoca:

NWTND was Page 17-1.png
  • Hepatite A, febre tifoide e outras doenças mortais.
  • Diarreia, que leva a desidratação e pode levar a morte principalmente em crianças.
  • Infecções como a shistosomíase (bilharziose) que pode levar a anemia e malnutrição.


Em baixo encontram-se descritos os diferentes métodos para tornar a água segura. É também importante que a comunidade evite que a água seja poluída ou se torne escassa.

Com água segura suficiente, as crianças crescem saudáveis e têm menos doenças diarreicas.


Recolhendo água

A água deve ser recolhida do lugar mais limpo possível. Quando recolher água dos rios, recolha a montante (em cima dos lugares que estão contaminados):

riacho por trás da aldeia, com uma vaca defecando, lixo e pessoas lavando roupa
os campos (machambas) que usam pesticidas ou fertilizantes químicos
onde as pessoas ou animais defecam
onde as pessoas tomam banho ou lavam pratos ou roupas
qualquer poluição das casas (lixo, gás, ou óleo)


Recolhendo água da chuva

de bambu pendurados no telhado para recolher a água da chuva

A água da chuva é fácil de recolher dos telhados para os recipientes colocados perto de casa. Os telhados metálicos são os melhores para recolher água. Esta água necessita de ser tratada (ver em baixo) para se tornar segura para beber, porque pode conter germes da sujidade do telhado ou fezes de pássaros ou outros animais. Telhados feitos de chumbo, asbestos (amianto) ou alcatrão contêm químicos tóxicos o que torna a água recolhida não segura para beber. Assegure-se que o recipiente esteja limpo e nunca tenha sido usado para guardar químicos tais como óleos ou pesticidas.

Tornando a água segura para beber

Tornar a água segura para beber é uma das melhores formas de prevenir doenças e diarreias. A água de qualquer fonte tem de ser tratada porque pode ter germes. Só porque a água flui limpa dos tubos, tanques e poços, não significa que não esteja contaminada ou que não necessita de tratamento.

Ao decidir que método usar para o tratamento da água, pense na quantidade de que água necessita, com o que está contaminada e que recursos estão disponíveis. O quadro abaixo pode ajuda-lo a decidir que método usar se sabe que problema é comum na sua área. O método a usar pode ser diferente dependendo da época ou local onde se encontra. Por exemplo, você pode usar um método em casa e outro no local onde trabalha, por exemplo, nos campos.

Problema Método de filtro Método de disinfecção
Filtro de pano Filtro de carvão Fervura Cloro Luz solar Sumo de limão ou lima
Virus (tal como hepatite)
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
Bactéria (tal como shigella escherichia coli)
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
Amebas
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
Giardia
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
Cryptosporidia
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
Cólera (também bacteria)
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
NWTND was Page 19-1.png
Esta figura mostra que germes e parasitas os diferentes métodos de tratamento da água eliminam. As gotas de água significam que métodos diferentes são eficazes a eliminar esse germe.


Se existe mais do que uma doença causada pela água no local onde vive (o que é comum), a melhor solução pode ser combinar dois métodos: filtrar e desinfecção.

Filtrando água

Há muitas maneiras de filtrar água para a tornar mais segura. Filtros de pano e carvão são explicados mais abaixo. Outros tipos de filtros, como os de areia lentos e filtros de cerâmica, são explicados no Guia Comunitário de Saúde Ambiental.

Se a água não está limpa, deixe-a assentar primeiro num recipiente por algumas horas para permitir que as sujidades, sólidos e parasitas fiquem na parte inferior do recipiente. Deite a água limpa no filtro. Tente não remexer a sujidade que assentou na parte inferior do recipiente. Depois limpe o recipiente.

Filtros de pano

No Bangladesh e na Índia, as pessoas usam filtros feitos de tecido fino para remover os germes da cólera da água de beber. Os germes da cólera agarram-se muitas vezes a um animal pequenino que vive na água, e ao filtrar estes animais também filtramos a maior parte dos germes da cólera. Você pode fazer um filtro de pano com tecido de lenços, linho, ou qualquer outro material como por exemplo o tecido usado para fazer saris. É melhor usar um tecido velho, porque as fibras gastas tornam os espaços da tela mais pequenos e melhores para filtrar.

duas mulheres filtrando água entornando-a através de um pano para uma jarra
  1. Deixar a água assentar num recipiente, para que os resíduos sólidos fiquem no fundo.
  2. Dobrar o pano 4 vezes e estique-o ou amarre-o sobre a abertura do outro recipiente ou jarro de água.
  3. Deitar a água devagar do primeiro recipiente através do pano para o segundo recipiente ou jarro.
  4. Depois de usar o pano, lave-o e deixe-o a secar ao sol. Isto vai matar qualquer germe que possa ter ficado no pano. Na época das chuvas, desinfecte o pano com lixívia (javel).

Filtros de carvão

Para fazer um filtro de carvão, você necessitará de 2 baldes limpos de metal ou plástico, um martelo, 1 ou 2 pregos grandes, um balde cheio de areia grossa e ¼ (um quarto) de balde de carvão de lenha.

  1. Faça furos (buracos) no fundo de um dos baldes. Lave o balde. Este será o balde que serve de filtro.
  2. Limpe a areia lavando-a com água e escorrendo-a até que a água que escorre esteja transparente.
  3. Ponha uma camada de areia lavada com 5 cm de profundidade no balde que serve de filtro e deite água sobre ela. A água deve passar através dos furos. Se a água não correr faça furos maiores. Se a areia também passar os furos são demasiado grandes. Caso isso aconteça, retire a areia, coloque um pano fino sobre os furos e coloque novamente a areia.
  4. Parta o carvão em peças pequenas. O Carvão activado funciona melhor, mas o carvão de lenha também funciona. Nunca use briquetes de carvão, eles são como veneno!
  5. Ponha uma camada de carvão esmagado com cerca de 8 cm de profundidade por cima da areia. Depois encha o balde com mais areia lavada até que a areia esteja 10 cm abaixo da borda do balde.
  6. Ponha 2 paus por cima do primeiro balde e coloque o balde que serve de filtro sobre os paus. Deite água limpa através do balde que serve de filtro. Quando a água começar a sair transparente para o balde de baixo, o filtro está pronto para ser usado.
  7. Permita que a água assente antes de deita-la através do filtro.
pondo água através do filtro de carvão
Balde filtro
Abrir 10 cm
Areia
8 cm de carvão
5 cm areia
Paus para segurar o balde filtro
Balde de água limpa


Porque os germes filtrados se multiplicarão no carvão, é importante retirar e limpar o carvão a cada poucas semanas se o filtro é usado diariamente, ou em qualquer altura se o filtro tiver ficado sem ser usado durante alguns dias. Para limpar o carvão, tire-o do filtro e ponha água a correr sobre ele até que escorra rapidamente. Deixe-o secar, sob a luz solar forte se possível. Depois ponha o carvão de volta no filtro.

É mais seguro desinfectar a água após filtrar, fervendo, adicionando cloro, ou usando luz solar.

Desinfectar Água

NWTND was Page 23-1.png
Ferver água durante 1 minuto mata germes e torna a água mais segura para beber.

Ferver água

Traga água para uma rápida fervura. Continue fervendo por um minuto antes de tirar a panela do fogo para arrefecer. Nas áreas altas das montanhas, a água deve ser fervida durante 3 minutos.

Ferver pode mudar o sabor da água, especialmente se fervida na lenha. Se o sabor incomodar, ponha água fria numa garrafa e agite-a. Agita-la, adiciona ar a água e melhora o seu sabor.

Ferva água depois de a comida estar preparada mas antes de o fogo apagar é uma forma de usar menos lenha.

Cloro

A quantidade de cloro necessária para desinfectar a água depende de quão contaminada a água está. Quanto mais germes existirem na água, mais cloro é necessário para os matar. Quando se usa a quantidade correcta, a água terá um ligeiro cheiro e sabor a cloro. Isto dir-lhe-á que é segura para beber. Se tiver muito cloro, o cheiro e sabor será muito forte e desagradável.

O cloro apresenta-se em diferentes concentrações. As quantidades abaixo indicadas mostram como desinfectar a água usando o javel (lixívia) caseiro com 5% de cloro (hipoclorito de sódio). Leia o rótulo da embalagem para ver que percentagem de cloro existe no seu javel. Se o javel tem 3% de cloro, então você vai precisar de usar mais. Se o rótulo do seu javel incluir instruções para desinfectar a água, siga estas instruções. Não use javel no qual tenha sido adicionado sabão ou perfume.

Se a água estiver turva ou tiver muita material sólido nela, filtre a água antes de adicionar cloro.

Água Adicione Javel (5%)
Para 1 litro
NWTND was Page 23-2.png
NWTND was Page 23-3.png 2 gotas
Para 4 litros
NWTND was Page 23-4.png
NWTND was Page 23-5.png 8 gotas
Para 20 litros
NWTND was Page 23-6.png
NWTND was Page 23-7.png ½ colher de chá
Para um barril de 200 litros
NWTND was Page 23-8.png
NWTND was Page 23-9.png 5 colheres de chá

Depois de adicionar a quantidade correcta de cloro, mexa bem e espere pelo menos 30 minutos antes de beber. Se a água não cheira nem sabe ligeiramente a cloro após adicionar a quantidade indicada, adicione a mesma quantidade outra vez. Mexa e espere antes de beber.

NWTND was Page 24-1.png

Luz solar

A luz solar (desinfecção solar) funciona melhor em países localizados perto do equador, porque ali o sol é mais forte. Quanto mais a norte ou a sul você estiver, mais tempo é necessário para a luz solar funcionar.

Filtrar a água primeiro para torna-la limpa também fará com que a desinfecção seja mais rápida. Limpe uma garrafa de plástico ou de vidro ou um saco plástico. As garrafas plásticas transparentes de refrescos são melhores. Encha a garrafa até metade e depois agite durante 20 segundos. Isto adiciona bolhas de ar que ajudarão a desinfectar a água mais rapidamente. Depois, encha a garrafa até ao topo. Coloque a garrafa onde não há sombra e onde as pessoas e animais não causarão distúrbios, por exemplo o telhado. Deixe a garrafa por pelo menos 6 horas ao sol, ou por 2 dias se o tempo estiver nublado.

duas metades de limão suculento e uma garrafa de 1 litro
Use 1 lima ou limão para cada litro de água

Sumo de limão ou lima

Adicione o sumo de um limão ou lima a 1 litro de água para beber e deixe ficar por 30 minutos. O ácido do sumo matará a maioria dos germes da cólera e alguns de outros germes também. Este método não é muito bom porque muitos germes permanecem na água, mas é melhor do que não tratar, especialmente em áreas onde existe cólera.

Conservar a água em boas condições

Depois da água ter sido filtrada ou desinfectada, deve ser armazenada de forma segura. De outra forma pode ser muito fácil ficar contaminada outra vez. A água armazenada em tanques com paredes rachadas pode não ser seguro. Da mesma forma recipientes com fendas, mal feitos ou sem tampas, não impedem que a água seja contaminada por germes.

Tanques e cisternas cobertas são mais seguros para armazenar água do que os tanques abertos porque os mosquitos e caracóis não podem viver em recipientes fechados. Coloque a água armazenada tão próximo quanto possível do local onde a água vai ser utilizada.

A água armazenada pode também tornar-se imprópria quando é tocada por copos sujos, mãos sujas, quando a água limpa é entornada dentro de um recipiente sujo, ou quando a sujidade ou poeira entra na água.

Para evitar que a água seja contaminada durante o seu armazenamento:

um recipiente de água com uma concha de cabo longo
  • Ponha a água sem tocar na boca do recipiente, ou use uma concha limpa de cabo longo para tirar água do recipiente. Não deixe o cabo longo tocar em qualquer outra coisa ou isso contaminará a água limpa quando for usada novamente.
  • Esvazie e limpe o recipiente com água quente a cada 2 ou 3 semanas.
  • Mantenha os recipientes cobertos.
  • Mantenha os copos limpos.
  • Nunca armazene água em recipientes que tenham sido usados para guardar pesticidas ou químicos tóxicos.
  • Se possível não trate mais água do que aquela que necessita para uso em pouco tempo. Para beber e preparar os alimentos, geralmente usa cerca de 5 litros por pessoa a cada dia.
NWTND was Page 25-2.png Os recipientes com abertura estreita mantêm germes longe, por isso são mais seguros para guardar água

Água para todos

Uma boa saúde depende de se ter água boa em quantidade suficiente. Isto significa que o nosso direito a saúde depende do nosso direito a água. Mesmo que possamos trabalhar para proteger as fontes de água e tratar a água para torná-la segura, a nossa saúde continuará ameaçada se a mineração, o escoamento de fertilizantes e pesticidas, ou fábricas poluir a água.

Os governos e as comunidades devem trabalhar juntos para proteger, melhorar e ampliar os sistemas para que eles forneçam as pessoas água potável suficiente. As empresas privadas dizem que se deixarmos elas assumirem o controlo da água, elas podem oferecer um serviço melhor do que os governos e ainda fazer um lucro. A isso chama-se privatização da água. Mas, o que geralmente acontece é que o preço da água sobe, negando às pessoas o acesso à sua própria água. Isto leva a sérios problemas de saúde quando as pessoas usam menos água do que o necessário ou quando elas recolhem água gratuita onde podem, mesmo que esteja contaminada com germes ou substâncias químicas tóxicas.

Para manter as pessoas e o meio ambiente saudável, precisamos de sistemas públicos que forneçam água segura para beber a todos. Sistemas controlados comunitários de água podem ser geridos de modo a que saúde seja a primeira prioridade e não o lucro.


Esta página foi actualizada: 07 abr. 2020