Hesperian Health Guides

Para os trabalhadores de saúde

Um trabalhador de saúde visitando uma mulher muito ocupada e os seus três filhos Se você é um profissional de saúde, visite as crianças regularmente. É mais fácil fazer estas visitas quando é altura de vacinar a criança (ver Vacinas - em desenvolvimento), ou a cada dois meses no primeiro ano, e depois uma vez por ano.

Visite mais frequentemente, se a criança apresenta sinais de problemas, como por exemplo atraso no crescimento. Você também deve voltar a visitar (ou pedir a mãe para ir ter consigo) depois de tratar uma criança doente para ver se a criança está a melhorar ou ainda precisa de cuidados.

Embora possa ser mais fácil pedir as mães para levarem os filhos a unidade sanitária para serem examinadas, muitas vezes é melhor que o trabalhador de saúde vá a casa da família. É melhor manter os bebés e crianças pequenas longe das pessoas doentes que podem estar na unidade sanitária. Além disso, algumas mães não podem deixar os seus outros filhos ou o seu trabalho, por isso elas não vão para as unidades sanitárias. Essas mães, precisam da ajuda de um profissional de saúde para examinar os seus bebés e crianças pequenas.

As crianças que mais necessitam da sua atenção são aquelas que não irão a unidade sanitária


A medida que a criança cresce, continue a examina-la. Nestas visitas:

  • Pergunte sobre a saúde da criança - se tem estado saudável e está crescendo bem.
  • Observe a criança da cabeça aos pés. Uma criança saudável está atenta e interessada. Sua pele não tem marcas e o seu corpo está crescendo forte.
  • Pergunte sobre a alimentação da criança. Incentive o aleitamento materno e alimentos nutritivos.
  • Pese a criança. Ou se a mãe tem vindo a participar num programa de monitorização do crescimento, verifique registo do seu historial e de como a criança foi crescendo (no Cartão de Saúde da Criança ou onde o peso da criança esteja registado).
  • Observe se a criança está limpa e se vive numa casa saudável. Estas visitas podem ser um momento para conversar com a família sobre como evitar riscos e prevenir as doenças, ou para saber que tipo de ajuda eles precisam para tornar a casa mais segura e a criança mais saudável.
  • Não se esqueça de compartilhar o que observou durante a visita com a mãe e a família.

Cuidar de crianças é uma forma dos profissionais de saúde ganharem a confiança e o respeito da sua comunidade. A medida que os o vêm a cuidar dos seus filhos, eles vão sentir-se mais confortáveis e confiantes para fazer perguntas sobre a sua própria saúde. As visitas regulares para saber da saúde e o crescimento de uma criança é uma boa maneira de certificar-se de que a mãe e os outros membros da família estão saudáveis e estão recebendo a atenção necessária.

Aproveite essas oportunidades para ensinar às crianças sobre a saúde. As crianças compartilham (falam) tudo o que aprendem com as suas famílias e outras crianças. Eles podem ajudar a criar uma epidemia de hábitos saudáveis na comunidade.

Uma criança que cresce é uma criança saudável

Aponte o crescimento da criança num cartão, como o que se encontra em baixo. A mãe ou a pessoa que cuida da criança deve guardar o cartão. Explique-lhe como funciona, para que possa compreender se o seu filho está crescendo ou não. Clique aqui para obter uma versão do cartão com qualidade para impressão.

Mês de nascimento, 3 a 4 anos, 4 a 5 anos, Cartão de Saúde da Criança, Clínica 1, Nº Clínica 2, Nº


Imagem de um cartão de saúde mostrando o crescimento da criança


Como usar o cartão

Imagem do cartão com os meses de vida do bebé escritos na parte de baixo
PASSO 1
Escreva o mês em que a criança nasceu, aqui: Este cartão mostra que o bebé nasceu em Abril.
PASSO 2
Escreva os meses a seguir ao mês de nascimento da criança por ordem.
Imagem do cartão com um ponto, mostrando o peso do bebé nesse mês
PASSO 3
A cada mês pese a criança e escreva o seu peso em kilogramas.
Marque com um ponto no cartão o local onde o peso da criança se cruza com o mês.
Imagem do cartão com muitos pontos mostrando o crescimento do bebé ao longo do tempo
PASSO 4
A cada mês pese a criança e assinale com outro ponto no cartão. Una os pontos com uma linha. Se a criança está saudável, a cada mês, o novo ponto no cartão estará mais alto que o anterior.
Na maioria das crianças normais e saudáveis, a linha de pontos ficará situada entre estas duas linhas.


Imagem mostrando bom crescimento, com a linha dos pontos subindo; perigo no crescimento com a linha recta e falta de crescimento muito perigoso, com a linha descendo
Veja a direcção da linha que mostra o crescimento da criança.
O mais importante é que ela continue a crescer.
Que a curva não fique rectilínea
Ou que desça.


Se verificar que a criança não está a crescer, visite-a com mais frequência. Veja se consegue ajuda-la a obter mais alimentos. Procure pela presença de doenças que podem estar a atrasar o seu crescimento.

Desenvolvimento

O desenvolvimento significa que as habilidades da criança vão aumentando. A maneira como a criança usa o seu corpo, a forma como ela se comunica e aprende para resolver os problemas será própria (particular) dela. Mas ela deve continuar sempre a desenvolver-se em vez de ficar "parada". Se uma criança se desenvolve mais lentamente, ela precisa de mais atenção.

Porque razão algumas crianças se desenvolvem mais lentamente do que as outros? Às vezes, não há nenhuma razão - as diferenças entre as pessoas são normais. Mas a doença e a malnutrição podem retardar o desenvolvimento de maneira anormal. Certas deficiências também podem afectar o desenvolvimento. Por exemplo, você não pode saber imediatamente se um bebê é surdo. Em vez disso, você pode perceber que ele não aprende a falar, tão cedo como os seus irmãos e irmãs. Observe o desenvolvimento do seu filho, porque um desenvolvimento lento pode ser um sinal de que ele tem um problema de saúde ou uma deficiência que precisa da sua atenção.

Um bebé de 3 meses deve:
  • Sorrir
  • Reagir aos sons e ao movimento
  • Reagir a faces e vozes familiares
Um bebé dormindo de lado, brincando com as suas mãos
  • Observar as suas próprias mãos
  • Chorar quando está com fome ou desconfortável
  • Mamar sem problemas
  • Levantar a cabeça quando deitado de barriga
Um bebé dormindo de barriga, levantando a cabeça
Um bebé de 6 meses deve:
  • Virar a sua cabeça para os sons
  • Rodar de barriga para as costas e das costas para a barriga
Um homem balançando um chocalho e seu bebê, deitado de bruços com a cabeça levantada
  • Reconhecer pessoas da família
  • Pegar em objectos e po-los na boca
Um bebé pondo um brinquedo na boca


Um bebé de 1 ano deve:
  • Compreender e imitar palavras e sons simples
  • Interessar-se por jogos simples como, “escondeu-achou”
A man and a baby playing peek-a-boo
  • Tentar colocar um objecto dentro de outro
  • Sentar-se e gatinhar sem ajuda
  • Por–se de pé apoiando-se em algum objecto
Um homem e o bebé jogando escondeu-achou] [Um bebé usando um banquinho para levantar-se e por-se em pé


Uma criança de 3 anos deve:
Uma menina varrendo com a irmã mais nova] [Uma criança correndo
  • Compreender e falar frases simples
  • Fazer trabalhos simples como varrer
  • Aperceber-se dos sentimentos das outras pessoas
Uma criança correndo
  • Organizar objectos
  • Correr, saltar e subir


Se a criança se desenvolve lentamente, você pode fazer 2 coisas para ajudar:

  1. Pedir a um profissional de saúde para verificar se há causas médicas para o seu desenvolvimento mais lento.
  2. Dar maior atenção a criança nas áreas onde o seu desenvolvimento é lento.
Uma mulher guiando as mãos da filha para ajuda-la a provar alguma coisa
Ajude a criança a crescer nas áreas em que tem atraso

Veja os gráficos de desenvolvimento da criança no Anexo A. Estes gráficos são ferramentas úteis para os pais e os profissionais de saúde acompanharem o desenvolvimento da criança e ajudá-la.



Esta página foi actualizada: 09 mar. 2021