Hesperian Health Guides

Barragens pequenas

EHB Ch23 Page 534-1.png
A água é tirada do rio, corre encosta abaixo até uma turbina e depois volta a correr para o rio.

As barragens pequenas podem ser usadas para gerar electricidade a partir de água corrente ou água em queda (chama-se a isto hidroenergia e micro- hidroenergia quando é muito pequena). Nos lugares onde há água suficiente dos rios ou ribeiros, a micro-hidroenergia é a forma mais barata de disponibilizar electricidade às comunidades rurais. Estes projectos podem ser criados e geridos pelos aldeãos. Na China, Índia e Nepal, milhares de pequenos projectos de hidroenergia fornecem energia a aldeias e vilas.

Nos pequenos projectos de hidroenergia, a água é canalizada a partir de um rio ou ribeiro e corre encosta abaixo, através de um tubo. A água que cai no tubo faz girar uma turbina e depois volta para o rio ou ribeiro. As barragens pequenas não deslocam pessoas ou mudam o curso do rio, como fazem as grandes barragens. Os projectos de micro-hidroenergia usam barragens com apenas uns metros de altura para direccionar a água para a turbina.

A água faz girar a
turbina para produzir
electricidade.
EHB Ch23 Page 534-2.png
Micro-hidroenergia une comunidades

À medida que a Nicarágua recuperava de muitos anos de guerra, as pessoas em todo o país dedicaram-se a reconstruir as explorações agrícolas, os sistemas de água, as escolas e os postos de saúde. Mas o país tinha sido deixado na pobreza absoluta e o governo era incapaz de disponibilizar electricidade a muitas comunidades rurais.


A aldeia de La Pita não tinha electricidade e as linhas eléctricas mais próximas estavam a 70 quilómetros de distância. As pessoas de La Pita tinham lutado em lados opostos na guerra e isto tornou difícil a realização de projectos comunitários. Mas, depois de terem trabalhado em conjunto para construir uma escola e um posto de saúde, decidiram trazer também a electricidade para a aldeia.


Os aldeãos pediram a um grupo local, chamado Associação de Trabalhadores de Desenvolvimento Rural Benjamin Linder, que os ajudasse a electrificar La Pita. Como a aldeia fica perto de um rio que corre ao longo de todo o ano, La Pita era um bom lugar para um projecto de micro- hidroenergia. Os trabalhadores de desenvolvimento ajudaram os aldeãos a organizarem o projecto e a obterem apoio de uma pequena agência internacional chamada Empoderamento Verde, que disponibilizou fundos e competências técnicas.


Os membros da comunidade trabalharam em conjunto durante muitas horas para construírem a pequena barragem e turbina que agora envia electricidade para 400 aldeãos. A electricidade é usada nas casas das pessoas, na escola comunitária, em duas carpintarias e nas explorações agrícolas locais. Quando a fábrica de electricidade estava instalada e em funcionamento, a comunidade formou uma associação para gerir e manter o sistema, garantindo que todos em La Pita beneficiam. Apesar das diferenças que as pessoas tiveram no passado, a electricidade e a responsabilidade em gerá-la são agora partilhadas por todos. A pequena aldeia de La Pita, longe das grandes linhas eléctricas nacionais, tem a sua própria energia.

People work together to build a dam.



Esta página foi actualizada: 01 fev. 2023