Hesperian Health Guides

Transporte

Em conjunto com a electricidade, o maior uso de energia em todo o mundo é nos combustíveis para os transportes; comboios, aviões, camiões, autocarros e automóveis. Tal como com a electricidade, as pessoas dos países ricos usam mais combustível para os transportes do que as pessoas dos países pobres. A poluição causada pela queima de combustível para os transportes é uma das principais causas de doenças como a asma, a bronquite e os cancros, e também do aquecimento global.

Para queimar menos combustível e ter um sistema de transportes mais justo, as pessoas dos países ricos, sobretudo os Estados Unidos, deveriam usar mais os transportes públicos (comboios e autocarros) e menos os automóveis privados. As cidades e os sistemas de transporte precisam de incentivar o uso de bicicletas em vez de carros.

O problema dos combustíveis à base de plantas

A plant stalk ends in a gas nozzle.

Quando o motor automóvel foi inventado, ele funcionava com combustíveis feitos com plantas, como o óleo vegetal ou o álcool. Mas rapidamente, quando a produção do petróleo se tornou barata, a gasolina e o gasóleo (ambos feitos a partir do petróleo) tornaram-se nos principais combustíveis usados para fazer andar os motores automóveis, bem como as motorizadas, os camiões e os aviões. A indústria petrolífera trabalhou duramente para impedir que os combustíveis à base de plantas fossem usados.

Agora que o petróleo se tornou novamente caro, muitos países estão a virar-se para os combustíveis à base de plantas para substituir o petróleo. Combustível feito com óleo de palma, soja, colza, milho e outros óleos vegetais chama-se “biocombustível” ou “agrocombustível”. Esta parece ser uma boa solução, porque as plantas são renováveis. Mas há muitas razões pelas quais os agrocombustíveis vão causar mais problemas do que os que resolvem.

  • Produzir óleo a partir de plantas que podem ser usadas como alimento leva à competição entre produzir combustível para os carros e produzir alimentos para as pessoas. Com tantas pessoas a sofrerem com falta de alimentos, não podemos dar-nos ao luxo de transformar a comida em combustível.
  • Uma razão para reduzir a dependência dos combustíveis fósseis é diminuir o aquecimento global. Mas, para produzir as quantidades de culturas necessárias para fazer biocombustível é necessário usar fertilizante de petróleo, maquinaria agrícola e transporte da cultura combustível de onde ela é produzida para onde ela é processada e distribuída, e finalmente para onde ela é usada. No final, produzir biocombustíveis gasta mais energia do que a que produz e causa mais aquecimento global do que o petróleo!
  • Quando a terra florestada é limpa para produzir culturas de biocombustível, as árvores que absorvem os gases do aquecimento global são destruídas. Por exemplo, o biocombustível feito de óleo de palma causa 10 vezes mais aquecimento global do que o gasóleo.



Esta página foi actualizada: 01 fev. 2023