Hesperian Health Guides

Construir uma casa saudável

As casas criadas com cuidado contribuem para a segurança e a saúde das comunidades. Pôr uma casa num lugar que tira vantagem do sol e da sombra pode ajudar em termos de aquecimento, frescura, iluminação e ventilação. Escolher os materiais de construção certos para o seu tipo de clima também é importante.

Illustration of the below: a home.
As árvores dão sombra e beleza.
Um bom telhado deve manter a água afastada e ter uma inclinação ou canais de escoamento para levar a água para longe das paredes e das fundações.
O isolamento nas paredes e no tecto mantém a casa mais quente no tempo frio e mais fresca no tempo quente.
Os respiradouros em cada ponta do telhado deixam entrar o ar fresco e sair o ar abafado, e previnem a formação de bolor e o apodrecimento.
Uma clarabóia no tecto permite a entrada de luz.
Uma goteira presa ao telhado pode apanhar a água da chuva e encaminhála para uma cisterna.
Janelas dos dois lados da casa melhoram a ventilação.
Redes nas janelas mantêm os insectos fora de casa.
Portadas nas janelas bloqueiam o sol, a chuva e o vento e ajudam a manter o calor dentro de casa.
Uma porta dividida em dois dá ventilação ao mesmo tempo que mantém os animais fora de casa.
Um alpendre com sombra cria mais um espaço para viver.
Alicerces e uma plataforma criam estabilidade e protecção contra a humidade, as cheias e as pragas. As plataformas podem ser construídas com uma rampa em vez de um degrau, facilitando a entrada e saída de casa para as crianças, os velhos e as pessoas com deficiência.

Usar a luz do sol

Quando construir uma casa ou uma povoação, tenha em conta o lugar onde o sol vai estar em diferentes alturas do ano, para fazer o melhor uso do calor do sol. Nos meses quentes, o sol levanta-se e fica alto no céu ao meio-dia, dando calor directamente durante a maior parte do dia. Nos meses frios, o sol está mais baixo no céu, dá pouco calor e viaja por um caminho diferente através do céu.

Nos países do sul, as casas vão ser mais confortáveis se a maior parte das janelas e paredes expostas ao sol estiverem viradas para norte, onde o sol está. Nos países do norte, a maior parte das janelas e paredes expostas ao sol estão viradas para sul. Esta regra geral vai ajudar a que todas as casas apanhem e retenham o calor do sol.
illustration of the below: Arrows show the direction of low sun shining on a home.
illustration of the below: Arrows show the direction of hot sun shining on a home.
Na época fria, o sol baixo a brilhar sobre as paredes e janelas expostas ajuda a manter a casa quente. Na época quente, as árvores plantadas do lado da casa onde à tarde o sol brilha vão ajudar a manter a casa fresca.

Escolher materiais para o calor

INos lugares onde faz frio, alguns materiais de construção ajudam a captar e a guardar o calor dentro de casa. Os materiais mais grossos guardam melhor o calor. A pedra, o tijolo e os blocos feitos com lama (matope) e capim aquecem melhor do que a madeira e os blocos de betão não cheios. Encher os blocos de betão com terra ou cimento ajuda-os a guardar melhor o calor. Ao usar qualquer destes materiais, a melhor espessura de parede para guardar o calor é entre os 10 e os 13 centímetros.

Arrows show sun shining on the outside wall of a home. Arrows show heat radiating through a home at night.
Quando o sol brilha sobre a casa, o calor acumula-se nas paredes e no chão. Quando o sol se põe e o ar arrefece, as paredes e o chão libertam calor no quarto.
EHB Ch17 Page 379-1.png
Nas casas de madeira, as paredes duplas com isolamento entre elas mantêm o calor dentro e o frio fora.

Proteger contra o calor e o frio

O isolamento é constituído por um material que protege contra o calor e o frio. Em vez de ter uma parede simples fina e um telhado sem tecto, uma casa bem isolada tem um espaço entre as paredes exteriores e interiores, e tem um tecto por baixo do telhado. Estes espaços são enchidos com materiais como a serradura, a lã, o capim, a cortiça ou cartão ou o papel mergulhado em bórax diluído e seco (para impedir que as térmitas o comam).
A man plasters a wall.
Selar as rachas nas paredes faz uma grande diferença a manter o frio fora e o calor dentro.


Se você não pode construir paredes duplas, tape a parte de dentro das paredes com papel, espuma, cartão ou materiais parecidos. Isto vai acrescentar algum isolamento.

Os telhados de capim dão um bom isolamento. O mesmo acontece com o chão de tijolo e terra compactada. Para manter o calor dentro ou fora de casa, deve selar as rachas ou buracos à volta das janelas e portas. Deve tapar as janelas para ajudar a manter a casa mais fresca durante o dia e para reter o calor à noite. As janelas que se abrem também vão deixar entrar o ar para ter boa ventilação.

Escolher os materiais de construção

Os materiais usados para construir uma casa podem fazer a diferença entre um abrigo desconfortável e um abrigo saudável e bonito. Mas quando as florestas e as bacias hidrográficas são danificadas, perdem-se recursos naturais para construção como madeira, capim e outros materiais vegetais. E quando ficam disponíveis grandes quantidades de betão e outros materiais “modernos”, os materiais tradicionais e os conhecimentos sobre como construir com eles perdem-se ou já não são valorizados pelas pessoas. Os melhores materiais de construção:

  • Vêm da terra e podem ser reutilizados ou devolvidos à terra quando a vida do edifício terminar;
  • São apanhados e produzidos localmente e adequam-se ao clima local;
  • Não contêm produtos químicos perigosos nem requerem grandes quantidades de energia para produzir.
Adolescentes produzem materiais de construção melhorados

Young men make bricks and dry them in the sun.

No bairro de Santo António, nos arredores de Brasília, a capital do Brasil, a maior parte das casas é construída em poucos dias usando tijolos de barro e blocos de betão que são comprados fora da comunidade. Há poucos construtores qualificados e ninguém tem muito dinheiro, por isso, os residentes constroem as suas casas com a ajuda de trabalhadores não qualificados.

Por causa disto, os materiais são muitas vezes mal preparados, acrescentando demasiada água para fazer cimento ou deixando de fora os ferros para reforço do betão.

Rosa Fernandes, uma arquitecta, visitou Santo António e viu como é que a falta de competências levou ao mau planeamento e construção. Ela decidiu melhorar a situação. Com a ajuda de financiamento do governo, treinou um grupo de adolescentes em Santo António, ensinando-os a fazer blocos de terra prensada. Estes eram feitos com 2 partes de areia e 1 parte de barro, com uma pequena quantidade de cimento, e depois eram prensados numa máquina manual simples. Depois de os adolescentes terem aprendido a fazer os blocos, Rosa ensinou outros na comunidade a saberem construir com eles e os adolescentes começaram um negócio para fazer e vender os blocos.

Agora, muitas casas novas são construídas com este material de construção mais seguro e mais forte. O dinheiro que as pessoas usam para comprar os blocos fica na comunidade e ajuda a construir um futuro mais forte. E com toda a prática e formação que os adolescentes receberam, Santo António agora tem muitos construtores qualificados.

Materiais de construção tradicionais e modernos

A maior parte dos edifícios usa combinações de lama (matope), areia, barro, pedra, capim, madeira e plantas como o bambu, a palha e a vinha para fazer telhados e paredes. Estes materiais são fortes, estão disponíveis localmente e custam pouco ou nada. Mas eles também têm alguns problemas. As paredes de lama podem erodir com a chuva, os telhados de capim podem servir de casa para pragas de insectos e os edifícios, que só usam estes materiais, podem não durar muito tempo.

Os materiais feitos numa fábrica, como por exemplo os blocos de cimento e as chapas de metal para telhados substituíram os materiais tradicionais em muitos lugares. Muitas vezes, as pessoas usam cimento porque é mais fácil de manusear e uma casa pode ser construída por fases, com acrescentos construídos à medida que a família ganha mais dinheiro. Para algumas pessoas, construir uma casa de cimento significa sucesso económico e um estilo de vida moderno.

Mas as casas construídas com materiais fabricados podem não ser as melhores para a saúde das pessoas ou para o meio ambiente. Muitas vezes, elas não são bem isoladas para o tempo frio. Fazer cimento requer muita água e muita energia. Se o cimento não é reforçado, os edifícios com blocos de cimento caem facilmente com um terramoto. Além disso, estes materiais são caros e muitas vezes só estão disponíveis para as pessoas nas grandes vilas e cidades.

Quando planear construir uma casa, tenha em conta as boas e más qualidades dos diferentes materiais que podem estar disponíveis. Só porque os outros constroem as suas casas de certa maneira não significa que essa é a melhor maneira para todos.

A man speaks to a woman as they look at a picture titled "Pluses and minuses of different houses." One house has a  thatched roof, and has the comments, "Materials are easy cheap to get + Takes more labor and skill - Must be maintained and replaced - Comfortable in wet and dry seasons +." The other home has a metal roof and has the comments, "Materials cost money - Easy to work with + Lasts long time + Too hot and cold."
Se calhar devíamos construir uma casa de terra com um telhado de metal?
Como fazer reboco natural de terra

Cobrir uma casa de terra e capim ou lama (matope) e paus com reboco protege-a contra a chuva e previne os insectos de viverem nas rachas da parede. O reboco também torna a casa mais bonita. Você vai precisar do seguinte:

A man plasters the wall of a house.
1,5 partes de água
2,5 partes de barro (peneirado numa peneira de ¼ polegada)
1¼ partes de areia
2 a 3 partes de capim cortado
  1. Juntar areia e barro com água. Deixar assentar até que o barro e a areia tenham absorvido a água.
  2. Misturar à mão até não haver torrões
  3. Juntar capim partido aos bocados e misturar novamente até não haver torrões. Se você estiver a rebocar (maticar) uma parede de lama, deve molhar a parede.

    Para superfícies de adobe, fardo de capim ou outras, você pode precisar de aplicar uma camada de barro antes de aplicar o reboco. Aplique reboco numa pequena parte da parede com as suas mãos e depois alise-a com uma colher de pedreiro. Quando secar, teste-a. O reboco faz rachas facilmente ou desfazse quando você o pressiona com o polegar? O reboco separa-se facilmente da parede quando você o puxa ou destrói-se facilmente quando você lhe deita água por cima? Se tiver rachas, acrescente mais capim. Se se desfizer, tente acrescentar capim mais comprido. Assim que você tiver reboco que não se desfaz, que não faz rachas ou que não se destrói facilmente, aplique-o em todas as paredes.

    Para rebocar o chão, acrescente mais areia a esta mistura. Pressione a superfície para baixo para a tornar lisa e nivelada antes de começar o novo chão. Depois, aplique o reboco, alise-o e deixe-o secar durante várias semanas, para impedir a formação de rachas mais tarde. Se possível, sele o chão com óleo de linhaça depois de ele estar seco.

Casa resistente aos terramotos

Muitas vidas se perdem em cada ano porque as pessoas vivem em casas que não aguentam os terramotos. As casas com blocos de cimento não reforçado ou com tijolos ou terra não reforçados, e as casas sem alicerces (fundações) sólidos, são mais vulneráveis aos terramotos. As casas feitas com materiais tradicionais e flexíveis, como por exemplo lama (matope) e paus, madeira ou terra empilhada misturada com capim (chamada “argamassa”), ou fardos de capim empilhados e atados uns aos outros e cobertos com reboco (ver secção de Recursos) são melhores para aguentar os danos causados pelos terramotos.

Combinar materiais tradicionais com métodos de construção melhorados, como por exemplo fundações, escoras e reboco à prova de água, pode tornar as casas mais seguras, mais confortáveis e mais acessíveis. Para reduzir o risco de danos causados por terramotos às casas feitas com terra deve:

  • Construir edifícios baixos, pequenos, com um único andar.
  • Fazer paredes curvas, se possível, especialmente nos cantos.
  • Se construir na forma de um quadrado, reforçar os cantos com escoras de madeira. Se a madeira não estiver disponível, pode usar arame.
  • Construir alicerces sobre chão sólido, usando argamassa de cal ou cimento com pedaços de tijolo partido ou pedras grandes. Fixar os materiais dos alicerces uns aos outros usando paus, bambu, arame de ferro ou varetas de metal na mistura.
  • Segurar a parede dos alicerces usando esteiras, paus, pregos, arame de metal ou de ferro cimentado nas fundações.
  • Usar materiais leves para o telhado (capim ou chapa).
  • Para tornar as casas de tijolo ou blocos mais seguras, coloque as camadas de tijolos ou blocos juntas umas às outras. Ponha traves mestras de uma parede à outra e ponha escoras horizontais entre as traves, para impedir o edifício de se deslocar de um lado para o outro. Agarre o telhado às traves mestras.
Workers stack straw bales to make walls for a house.
Materiais leves, como por exemplos fardos de capim, fazem paredes que são mais seguras em caso de terramoto e ajudam a manter suaves as temperaturas dentro de casa.



Esta página foi actualizada: 30 nov. 2022