Hesperian Health Guides

Como é que os produtos químicos fazem mal às crianças

Neste capítulo:

As crianças, sobretudo quando são bebés, são mais facilmente prejudicadas pelos produtos químicos do que os adultos.

Arrows point from a can labelled with a star representing toxic chemicals, to a woman with the same star on her chest, and a baby, where the same star fills his whole chest.
Como os corpos das crianças são mais pequenos, as quantidades de produtos químicos tóxicos que não prejudicam um adulto podem fazer muito mal a uma criança.
  • As crianças pequenas estão mais perto do chão e é mais provável que vão comer, respirar ou tocar em produtos químicos que andam perto ou se acumulam no chão.
  • As crianças respiram muito mais depressa do que os adultos e podem ficar doentes mais facilmente com a poluição do ar.
  • As crianças põem muitas vezes as mãos, os brinquedos e outras coisas na boca e é mais provável que vão comer coisas que as vão prejudicar.
  • Algumas partes do corpo que protegem os adultos dos produtos tóxicos ainda não estão desenvolvidas nos bebés e nas crianças.
  • Quando os órgãos de um bebé se estão a desenvolver, eles são mais vulneráveis aos estragos causados pelos produtos químicos.

Produtos tóxicos em diferentes fases do crescimento das crianças

A couple thinks about a baby.
Será que vamos ter um bebé saudável?

Quando o corpo está a crescer e a mudar rapidamente – durante a infância, a meninice e a adolescência – até mesmo pequenas quantidades de produtos químicos podem causar mudanças duradouras e prejudiciais nos corpos das crianças.

Antes da concepção

Se os sistemas reprodutores ou genes da mãe ou do pai estão danificados por produtos químicos, os bebés podem ser afectados, mesmo que a exposição tenha acontecido antes de o bebé ter sido concebido.

A pregnant woman with a cutaway showing her fetus.

No útero

Os produtos químicos que já estão no corpo da mãe podem ser passados para o bebé em desenvolvimento, durante a gravidez. Por exemplo, uma mulher que foi exposta ao chumbo em criança pode ainda ter chumbo nos seus ossos. Quando ela está grávida, o chumbo é passado para o bebé no útero.

Muitos produtos químicos tóxicos a que uma mulher grávida pode estar exposta, como por exemplo os bifenilos policlorados (PCBs), o chumbo, o mercúrio e as insecticidas, podem passar através da placenta para o feto em crescimento e causar-lhe danos.

O fumo dos cigarros, as drogas e o álcool também podem prejudicar um bebé no útero e também devem ser evitados durante a gravidez

Bo nascimento até aos 2 anos

A woman sitting on a mat breastfeeds a baby.
O peito é o melhor!

Apele de um bebé e o seu sistema digestivo deixam mais produtos químicos passarem para o corpo do bebé.

Alguns produtos químicos a que uma mãe fica exposta podem também acumular-se no seu leite materno e passar para o bebé durante a amamentação. Os produtos tóxicos também podem passar para os bebés na água contaminada usada para misturar o leite em pó e os leites artificiais. O leite materno ainda é o melhor alimento para um bebé. Em vez de evitar amamentar para manter os bebés livres dos produtos químicos prejudiciais, as mulheres estão a organizar-se para manterem os produtos químicos tóxicos longe do leite materno.

Os bebés e as crianças pequenas põem tudo nas suas bocas. Isto torna mais fácil para eles engolirem substâncias prejudiciais.

Dos 2 aos 12 anos

A child sitting at a desk stares off into space.
As crianças expostas a produtos tóxicos podem aprender devagar, ser irritáveis e irrequietas, ou mostrar outros sinais de desenvolvimento lento.

Quando as crianças começam a ir para a escolinha ou para a escola, elas podem ficar expostas a muitos produtos químicos novos, por exemplo, se o pátio das suas escolas foi pulverizado com pesticidas. As crianças que trabalham a engraxar sapatos, a procurar restos nas lixeiras ou que têm outras formas de fazer dinheiro estão muitas vezes expostas a produtos químicos tóxicos. Além de causar doenças, os produtos tóxicos também podem prejudicar a capacidade de aprendizagem de uma pessoa jovem.

Dos 12 aos 18 anos de idade

A adolescência é uma altura de crescimento físico rápido e mudanças causadas por hormonas. As exposições tóxicas podem prejudicar gravemente a capacidade de uma pessoa ter filhos saudáveis mais tarde.

Defeitos de nascença

Os defeitos de nascença são causados por danos nos genes da pessoa. Como os genes são passados de pais para filhos, os danos dos produtos químicos tóxicos podem afectar não só a pessoa exposta a um produto tóxico, como os filhos dessa pessoa e os filhos dos seus filhos. Nem todos os defeitos de nascença são causados por produtos químicos tóxicos, mas os defeitos de nascença são mais comuns em áreas onde a indústria usa ou produz produtos químicos tóxicos ou resíduos tóxicos. Os defeitos de nascença podem assumir muitas formas, algumas muito suaves (como por exemplo uma marca de nascença) e outras muito graves (como por exemplo quando o cérebro não cresce).

A man speaks as he sits on a bench and holds a baby.
Dentro e fora da sua comunidade, há pessoas e recursos para o ajudar.

Se o seu filho nasceu com defeitos de nascença

Se o seu filho nasceu com defeitos de nascença, você pode sentir-se esmagado e inseguro em relação à forma como vai cuidar dele. Mas você não está sozinho!

Reconhecer as suas emoções Os pais experimentam uma sensação de choque, recusa, sofrimento e mesmo raiva. Deixe-se fazer o luto pela perda da criança saudável que você pensou que ia ter. Fale sobre os seus sentimentos com as pessoas que podem compreendê-lo e apoiá-lo.

Procurar apoio da comunidade. Peça ao seu trabalhador de saúde ou a um trabalhador social se eles conhecem outros pais na área que tenham crianças com a mesma condição. Junte-se ou comece um grupo de apoio com outros pais. Você e o seu filho podem descobrir uma comunidade grande e compreensiva.

Celebrar a sua criança. Lembre-se de celebrar o seu filho da mesma maneira que qualquer pai o faria – fazendo-lhe carinhos, brincando e vendo a criança crescer e desenvolver-se à sua maneira. Partilhe a sua alegria com a família e os amigos.

Aprender com o seu filho. Procurar informação sobre defeitos de nascença, assim como sentir as mudanças por que a criança passa à medida que cresce, pode fortalecer os pais.

Os exercícios físicos podem ajudar. Muitos defeitos podem melhorar com o uso de exercícios e outros métodos (para aprender mais sobre exercícios físicos e outras formas de ajudar as crianças com defeitos de nascença e outras deficiências, ver os livros da Hesperian: Disabled Village Children, Helping Children Who Are Blind, e Helping Children Who Are Deaf.


Esta página foi actualizada: 26 mai. 2024