Hesperian Health Guides

Emergências diabéticas

Existem dois tipos de emergências que podem acontecer a pessoas com diabetes. Uma emergência de baixa de açúcar no sangue (hipoglicemia) acontece com uma pessoa que sabe que tem diabetes e está tomando medicamento ou insulina para tratá-la. Esta emergência é causada por excesso de medicamento ou insulina, ou por comer menos do que o habitual. Uma emergência baixa de açúcar no sangue pode acontecer de repente, mas agindo rápido pode ajudar a pessoa a recuperar-se.

Uma emergência de açúcar elevado no sangue (hiperglicemia) geralmente acontece após a pessoa ter sinais de alerta, mesmo que a pessoa não saiba que tem diabetes.

Se tem diabetes, use uma pulseira ou leve um cartão consigo para mostrar: "Eu tenho diabetes". Ponha o nome de qualquer medicamento que toma no cartão ou pulseira. Isso ajudará os outros a ajudá-lo se não puder ajudar a si próprio. Ensine os membros da sua família e outras pessoas sobre os sinais de perigo e o que fazer.

Se alguém tiver um problema devido a diabetes, mas não tem a certeza se é de baixo ou muito açúcar no sangue, trate como se fosse baixa de açúcar (dê uma pequena quantidade de açúcar) no caminho para obter ajuda médica.

Baixo nível de açúcar no sangue (hipoglicemia)

Esta condição só pode acontecer com um diabético que está em tratamento com medicamentos. O nível de açúcar no sangue de uma pessoa pode baixar muito se ela tomar muita insulina ou outro medicamento para diabetes, não comer o suficiente, fizer muita actividade física de uma só vez, esperar muito tempo entre as refeições ou beber álcool. Se uma pessoa teve problemas com baixa de açúcar no sangue, ajude-o a encontrar uma forma melhor de administrar o seu medicamento. Comer com mais frequência ou mais alimentos saudáveis pode prevenir essas emergências.

Alguém com baixo nível de açúcar no sangue pode, primeiro, sentir-se nervoso, suado ou trémulo, e de repente ficar desajeitado, confuso, nervoso ou irritado. Com os primeiros sinais, ele deve comer ou beber algo doce imediatamente. Se ele não o fizer, a sua condição vai piorar. Procure por estes sinais de perigo:

Sinais de perigo
  • Dificuldade para andar
  • Sentir-se fraco
  • Dificuldade em ver claramente
  • Confusão ou agir de forma estranha (pode confundi-lo por estar bêbado)
  • Perda de consciência
  • Convulsões
Tratamento

Se ele estiver consciente, dê-lhe rapidamente açúcar: sumo de fruta, doces ou um copo de água com várias colheres de açúcar irão funcionar. Ele deve comer uma refeição completa assim que esteja bem. Se puder medir o nível de açúcar no sangue com um glucómetro, saberá se o tratamento está funcionando. Se ele ainda estiver confuso ou não começar a sentir-se melhor 15 minutos depois de lhe ter dado açúcar, peça ajuda.

Se ele estiver inconsciente, ponha uma pitada de açúcar ou mel sob a língua. Continue dando pequenas quantidades. Leva tempo para o corpo absorver o açúcar. Quando ele acordar, pode dar mais. Deve ter alguém por perto por 3 ou 4 horas para garantir que os sinais de perigo não voltam.


Açúcar elevado no sangue (hiperglicemia)

Uma pessoa com diabetes pode ter muito açúcar no sangue se comer muita comida, for menos activa do que o normal, tiver uma doença grave ou infecção, não tomar o medicamento para diabetes ou ficar desidratado. Isso pode acontecer mesmo que a pessoa ainda não saiba que tem diabetes. Antes que haja uma emergência de açúcar elevado no sangue, esses sinais podem significar que a pessoa tem diabetes ou a sua diabetes precisa de um tratamento diferente:

Sinais
  • Sensação de sede e beber muito
  • Micção frequente
  • Visão turva
  • Perda de peso


Se não tratar o açúcar elevado no sangue, ele pode tornar-se muito perigoso e levar ao coma ou até à morte. Pode salvar a vida de uma pessoa pedindo ajuda para esses sinais mais perigosos:

Sinais de perigo
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Odor frutado na respiração
  • Pele seca
  • Dor abdominal, náusea, vômito
  • Tensão arterial baixa
  • Confusão
  • Respiração rápida e profunda
  • Perda de consciência
Tratamento

Leve imediatamente a pessoa com esses sinais de perigo para um centro de saúde. Se ele estiver consciente, dê-lhe bastante água para beber, um pouco de cada vez.

Se tiver a certeza de que ele tem um nível elevado de açúcar no sangue, já fez o teste do açúcar com um glucómetro e sabe a sua dose de insulina, dê uma pequena quantidade de insulina pelo caminho para obter ajuda. Mas se não tiver a certeza de que o problema é o nível elevado de açúcar no sangue, não administre insulina. Dar insulina a alguém quando tem baixo nível de açúcar no sangue pode matá-lo.



Esta página foi actualizada: 24 jan. 2021