Hesperian Health Guides

Proteger as fontes de água

A água é superficial (de rios, ribeiros, lagos e lagoas) ou subterrânea (água que se encontra debaixo do solo e que aparece à superfície em nascentes ou poços). Como a água superficial está muitas vezes contaminada, não deve ser usada para beber, a não ser que seja tratada primeiro. Habitualmente, a água subterrânea não tem micróbios, porque é filtrada quando passa pelo solo. Contudo, a água subterrânea pode ser contaminada por minérios naturais, como por exemplo o fluoreto ou o arsénio, por esgotos, tanques sépticos, depósitos ou latrinas com fugas, por lixeiras ou por produtos químicos tóxicos provenientes da indústria e da agricultura.

4 women and a child fill water vessels at a pump.

Quando a terra e os cursos de água não são bem cuidados, a quantidade de água subterrânea também se pode tornar perigosamente reduzida. Nos sítios onde a terra foi desbastada de árvores e vegetação, a chuva que antigamente entrava no solo e era guardada como água subterrânea pode escapar-se para os rios e para o oceano.

As melhores maneiras de proteger a água subterrânea e a água superficial são:

À medida que mais pessoas se instalam em torno de uma fonte de água e a usam, torna-se cada vez mais difícil protegê-la. Nos lugares com actividade industrial, a água pode ter sido utilizada em excesso e poluída e as pessoas que precisam mais dela podem não ser capazes de prevenir o problema. Estes problemas só podem ser resolvidos quando uma comunidade se organiza para ter água segura, pressiona os governos e leva a indústria a cumprir normas.


Esta página foi actualizada: 30 nov. 2022